Notícia

Ensino Superior

Mais presença na pesquisa científica

Publicado em 01 abril 2011

Em São Paulo, as mulheres já representam 42% do total de cientistas que apresentam projetos de pesquisa à Fapesp. O percentual cresce continuamente desde 1992, quando era de 30%. A informação consta em relatório elaborado pela fundação e identifica que a taxa de sucesso global, definida pelo número de propostas aprovadas dividido pelas analisadas no ano, foi maior entre as pesquisadoras femininas (61% contra 60% dos homens). Ganha destaque o crescimento da participação das mulheres em áreas tradicionalmente ocupadas por homens como nas engenharias, em que o aumento do número de mulheres quase triplicou passando de 8%, em 1992, para 22%, em 2010; e das ciências agrárias, em que passou de 23% para 40%.