Notícia

Mackenzie

Mackenzie realiza Latin American School IHY 2008

Publicado em 11 fevereiro 2008

Latin American School Ihy 2008

14 a 20 de fevereiro de 2008

Auditório João Calvino - Universidade Presbiteriana Mackenzie

De 14 a 20 de fevereiro, o Centro de Rádio Astronomia e Astrofísica Mackenzie (CRAAM), vai realizar em seu campus o Latin American School IHY 2008. O Evento tem um importante significado para a comunidade científica envolvida em pesquisas sobre climatologia espacial e seu impacto em satélites artificiais, telecomunicações, efeitos geofísicos e climáticos. Os temas a serem abordados durante o encontro são de extrema relevância para problemas atuais como "aquecimento global", "efeito estufa", "variações climáticas globais" e "eventos climáticos extremos".

O evento reunirá pesquisadores internacionais de destaque na suas áreas, além da comunidade latino-americana da área, permitindo o intercâmbio de conhecimentos e gerando novas colaborações. O encontro IHY representa um evento significativo para os programas de pós-graduação de instituições acadêmicas nacionais e dos demais países envolvidos (Argentina, Peru, México, Chile), por permitir aos seus alunos a exposição de seus trabalhos, o acesso às pesquisas de ponta e discussões com pesquisadores renomados sobre estudos na área de Clima Geoespacial.

As palestras de revisão ou "tutorials" serão publicadas após o evento em forma de monografia, que se tornará uma referência única sobre os fundamentos da Física Espacial e da Heliosfera para pesquisadores atuais e estudantes (futuros pesquisadores). "Em particular, esperamos que o evento possa fomentar e estimular os estudantes do Centro de Ciências e Humanidade (CCH) e da Escola de Engenharia (EE) da Universidade Presbiteriana Mackenzie à pesquisa científica básica e a física espacial em particular", afirma o coordenador do evento, professor Jean-Pierre Raulin, da Universidade Presbiteriana Mackenzie. "Similarmente, os temas abordados serão de grande interesse para os alunos da Universidade já envolvidos em atividades de Iniciação Cientifica (IC)", completa.

O professor explica que, pela primeira vez, serão obtidas observações simultâneas cobrindo uma grande parte dos fenômenos solares, heliofísico, geoespaciais e atmosféricos, permitindo estudos globais do sistema solar-terrestre por completo. "Durante a última década que o Sol pode afetar o geoespaço assim como a atmosfera terrestre e até mesmo o seu clima. Porém, ainda é pequeno o nosso conhecimento dos processos físicos atuantes no acoplamento entre os fenômenos solares e heliofísicos, com a atmosfera terrestre, e por isto é preciso estudos sistemáticos e globais deste acoplamento", conta Jean Pierre.

Este encontro se inscreve em uma serie de eventos similares realizados em 2007 no mundo tudo, e outros a serem realizados em 2008. São estas reuniões:

 Boulder, CO, EUA, North América IHY Meeting, July 2007

 Bangalore, Índia, Ásia-Pacific Meeting, 2007

 Triestre, Italy, Europe-Africa IHY Workshop, April 2008 (previsão)

 China, Ásia-Pacific IHY Regional Wokshop, September 2008 (previsão)

 Langkawi Island, Malaysia, Ásia-Pacific IHY Meeting, March 2009 (previsão)

Sobre o Ano Heliofísico Internacional

O Ano Heliofísico Internacional (International Heliphysical Year, IHY) é um programa internacional de colaboração científica que vem sendo desenvolvido a partir de 2007 e durante 4 anos. Esta data corresponde aos 125º e 50º aniversários do primeiro ano polar internacional (IPY 1) e do primeiro ano geofísico internacional (IGY 1), respectivamente. Como os seus predecessores, o IHY 2007 conduzirá pesquisas na tentativa de responder a questões fundamentais em ciências da Terra e do Geoespaço. Mas especificamente baseado nos resultados obtidos durante IGY 1957, o IHY 2007 estenderam a suas pesquisas ao estudo de processos físicos ocorrendo no sistema solar e que afetam as vizinhanças dos planetas e da Terra.

IHY 2007 é uma oportunidade única de coordenar as observações obtidas pelo grande número de missões espaciais internacionais existentes, com as obtidas em observatórios terrestres.

Objetivos científicos

a) Fornecer diagnósticos típicos e padrões da resposta da magnetosfera, da ionosfera, da baixa atmosfera terrestre e da superfície da Terra, com objetivo de identificar os processos globais e suas causas que acabam afetando as vizinhanças da Terra e o seu clima.

b) Estudar de forma global o sistema Sol-heliosfera até a heliopausa, para entender as causas externas, e suas dinâmicas, das mudanças geofísicas.

c) Promover e suportar uma cooperação científica internacional no estudo de fenômenos heliofísicos agora e no futuro.

d) Comunicar os resultados científicos genuínos do IHY para a comunidade científica, acadêmica e o grande público.

Comissão Organizadora

 Jean-Pierre Raulin — Universidade Presbiteriana Mackenzie, Escola de Engenharia, São Paulo, Brasil. Coordenador para América Latina do IHY.

 Adriana Valio R. Silva - Universidade Presbiteriana Mackenzie, Escola de Engenharia, São Paulo, Brasil. Coordenadora no Brasil do IHY para Assuntos Acadêmicos.

 Alisson Dal Lago - Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, São Paulo, Brasil. Coordenador no Brasil do IHY.

 J. Americo Gonzalez Esparza — Universidade Nacional Autônoma do México. Coordenador no México do IHY.

 Cristina Mandrini — Instituto de Astronomia y de Física del Espacio, Argentina. Coordenadora para América Latina do IHY.

 H. Takahashi - Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, São Paulo, Brasil. Pesquisador 1A do CNPq.

 Marcel Mendes — Universidade Presbiteriana Mackenzie, Escola de Engenharia, São Paulo, Brasil. Diretor da Escola de Engenharia Mackenzie.

Walter Gonzalez - Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais, São Paulo, Brasil. Pesquisador 1A do CNPq.

 Walter Guevara-Day — Comisión Nacional de Investigación y Desarrollo Aeroespacial (CONIDA). Coordenador no Peru do IHY.

Insituições e agências financiadoras do evento

Este evento contará com o apoio das seguintes instituições científicas e de fomento:

CLAF - Centro Latino Americano de Física (Rio de Janeiro)

CNPq (Apoio a Eventos) - Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico

CONIDA — Comissión Nacional de Investigación y Desarrollo Aeroespacial (Peru)

FAPESP - Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo

IAFE - Instituto de Astronomia e Física do Espaço (Argentina)

INPE — Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais

MACKPESQUISA — Fundo Mackenzie de Pesquisa

NASA - National Aeronautics and Space Administration

PROSUL (CNPq) — Programa Sul-Americano de Apoio Às Atividades De Cooperação em Ciência e Tecnologia

SAB - Sociedade Astronômica Brasileira

UNAM - Universidade Nacional Autônoma do México

Convidados palestrantes

1. Alberto FOPPIANO - UNIVERSIDAD DE CONCEPCIÓN (CHILE)

2. Bruce T. TSURUTANI - NASA-JET PROPULSION LABORATORY (EUA)

3. Carlos NOBRE - INST. NAC. DE PESQ. ESPACIAIS (BRASIL)

4. Cristina MANDRINI - INST. DE ASTRONOMIA E FÍSICA DO ESPAÇO (ARGENTINA)

5. Emília CORREIA - INST. NAC. DE PESQ. ESPACIAIS (BRASIL)

6. Inez S. BATISTA - INST. NAC. DE PESQ. ESPACIAIS (BRASIL)

7. Jose VALDÉS - UNIVERSIDADE DO MÉXICO (MÉXICO)

8. Maria Virginia ALVES - INST. NAC. DE PESQ. ESPACIAIS (BRASIL)

9. David WEBB - AIR FORCE RESEARCH LABORATORY (EUA)

10. Nat GOPALSWANY - NASA (EUA)

11. Paulo FAGUNDES - UNIVERSIDADE VALE DO PARAÍBA — UNIVAP (BRASIL)

12. Pierre KAUFMANN - UNIV. PRESBITERIANA MACKENZIE (BRASIL)

13. Rainer SCHWENN - MAX-PLANCK-INSTITUT FÜR SONNENSYSTEMFORSCHUNG (ALEMANHA)

14. Yuri STOZHKOV - LEBEDEV PHYSICAL INSTITUTE (RÚSSIA)

15. Walter GONZALEZ - INST. NAC. DE PESQ. ESPACIAIS (BRASIL)

16. Sergio DASSO - INST. DE ASTRONOMIA E FÍSICA DO ESPAÇO (ARGENTINA)

17. Hugh HUDSON - SPACE SCIENCE LABORATORY — UCB (EUA)