Notícia

Agência C&T (MCTI)

LNLS é destaque em publicação internacional

Publicado em 27 novembro 2007

A publicação traz a imagem do anel de luz síncrotron do laboratório de Campinas e de outros vencedores do prêmio "Inventor do Mês"

O anel de armazenamento de elétrons do Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS) fará parte do calendário internacional da Autodesk de 2008. Como uma galeria dos vencedores, a publicação reunirá os premiados de 2007 do "Inventor do Mês", concedido pela fornecedora de software de design industrial aos projetos de engenho mais inovadores.

O LNLS foi vencedor de maio deste ano com o Ondulador de Polarização Elíptica, dispositivo de inserção usado para ampliar as capacidades do anel de armazenamento. O equipamento foi projetado e construído pelas equipes do próprio laboratório.

Dotado de ímãs permanentes, o ondulador permite que o feixe de elétrons de alta energia que circula no anel de armazenamento do LNLS emita um intenso e bem colimado feixe de luz com comprimento de onda ajustável da região do ultravioleta, com polarização elíptica, linear ou circular, o que possibilita a visualização de moléculas gasosas e fenômenos em nível atômico que ocorrem em superfície de determinados materiais e sistemas nano-estruturados. Através desta tecnologia é possível realizar pesquisas para o desenvolvimento de catalisadores para a indústria química e de sistemas magnéticos, fundamentais para desenvolvimento de discos com alta densidade de armazenamento, por exemplo.

Financiado por recursos da Financiadoa de Estudos e Projetos (Finep/MCT), Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e recursos orçamentários do LNLS, o dispositivo de inserção consumiu três anos de trabalho entre pesquisa, projeto, construção dos componentes e a montagem final. Com o projeto do Ondulador, o LNLS se torna um dos poucos laboratórios mundiais capazes de fabricar dispositivos de inserção para luz síncrotron.