Notícia

Portal Exame

Livros apoiados pela FAPESP vencem Prêmio Jabuti

Publicado em 19 novembro 2012

Por Karina Toledo, da Agência FAPESP
São Paulo – Um pacto velado entre senhores de escravos e políticos do Império prolongou por pelo menos 20 anos o tráfico de escravos no Brasil e submeteu ao cativeiro mais de 700 mil africanos que, à letra da lei, deveriam ter desembarcado no país como homens livres. A constatação foi feita pelo historiador Tâmis Parron no livro A política da escravidão no Império do Brasil: 1826-1865 (Editora Civilização Brasileira), vencedor do 54º Prêmio Jabuti na categoria “Ciências Humanas”. A obra foi publicada em maio de 2011 com [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.