Notícia

Planeta Sustentável

Livro trata sobre ecologia aplicada

Publicado em 21 setembro 2010

Fábio de Castro/ Agência Fapesp

As atividades humanas, de modo geral, causam interferências na estrutura e no funcionamento dos ecossistemas. Para minimizar a degradação de recursos hídricos, do solo e do ar, é importante que profissionais de diversas áreas tenham acesso a um conhecimento fundamental sobre os ecossistemas naturais e antrópicos.

É o que pretende o recém-lançado livro Ciências do Ambiente: conceitos básicos em ecologia e poluição, organizado por Irineu Bianchini Júnior, professor do Departamento de Hidrobiologia da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), e Marcela Bianchessi da Cunha-Santino, professora do Centro de Ciências Biológicas e da Saúde da UFSCar.

Segundo Bianchini, a publicação, desenvolvida para apoiar os cursos da modalidade a distância vinculados à Universidade Aberta do Brasil, oferecidos pela UFSCar, tem o objetivo de contribuir para o desenvolvimento de um pensamento crítico e de alcance global sobre o desenvolvimento sustentável, o crescimento populacional, a interferência antrópica no ambiente e o papel da educação na preservação do planeta.

"O texto foi concebido para um curso a distância de Ciências do Ambiente voltado para tecnólogos do setor sucroalcooleiro. O curso, com foco em ecologia aplicada, é dividido em duas fases: a primeira apresenta os conceitos básicos das ciências do ambiente e a segunda discorre a respeito das diversas formas de poluição", disse à Agência FAPESP.

Bianchini é responsável, desde 1992, pela disciplina de Ciências do Ambiente nos cursos de engenharia da UFSCar, ministrada atualmente por Marcela no curso a distância. O professor também coordenou dois projetos de pesquisa finalizados em maio, apoiados pela FAPESP na modalidade Auxílio à Pesquisa - Regular, e é um dos pesquisadores principais do Projeto Temático "Destino da matéria orgânica dissolvida liberada por cianobactérias em um reservatório eutrofizado do rio Tietê: estudo de processos".

Segundo Bianchini, a proposta inicial do livro era levar aos alunos - especialmente técnicos e pesquisadores vinculados à produção de açúcar e álcool no Estado de São Paulo - um conhecimento básico sobre os efeitos da cadeia produtiva sucroalcooleira sobre o meio ambiente.

Agência Fapesp