Notícia

UNICAMP - Universidade Estadual de Campinas

Livro relata transformação da imprensa na região de Ribeirão Preto

Publicado em 23 fevereiro 2015

Por Manuel Alves Filho

As jornalistas Paula Leani Rocha e Gabriella Zauith lançarão na segunda quinzena de março, em Ribeirão Preto, o livro Jornalismo e modo de produção - As transformações dos impressos no nordeste do estado de São Paulo. A obra, editada pela Editora da Unicamp, faz um relato do surgimento e desenvolvimento da imprensa regional desde o século XIX até os dias atuais, tendo como cenário as transformações sociais, econômicas, políticas e culturais pelas quais passaram os 25 municípios que compõem a Região Administrativa de Ribeirão Preto.

O livro, como explica Paula, é resultado de um projeto de pesquisa intitulado “O conhecimento no Jornalismo”, desenvolvido no Laboratório de Estudos Avançados em Jornalismo (Labjor) da Unicamp, com apoio da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp). Nele, as autoras registram desde o aparecimento do primeiro jornal da região, em São Simão, no século XIX, até os dias atuais. Num primeiro momento, conforme a jornalista, alguns títulos sequer tinham periodicidade certa. “Há casos de jornais que tiveram somente duas ou três edições”, conta.

Uma das preocupações das autoras foi investigar como os modos de produção e o avanço tecnológico afetaram a imprensa e os jornalistas. “O que nós apuramos foi que os jornais, em alguma medida, sempre estiveram atrelados às forças políticas e econômicas da região. De acordo com o momento, as publicações se transformavam em porta-vozes dos setores político, cafeeiro ou sucroalcooleiro”. Quanto às novas tecnologias, elas produziram a supressão de diversas funções dentro dos jornais, mas criaram outras. O resultado da equação foi a significativa redução de postos de trabalho.

Entre os pontos abordados no livro está também o critério de notícia. Segundo Paula, o conceito não sofreu alterações no decorrer do período considerado, mas as referências, sim. “Foi possível notar, por meio da consulta que fizemos às publicações, que o entendimento de quem era ‘pessoa pública’, por exemplo, sofreu mudanças ao longo do período. Nos primórdios da imprensa da região essa compreensão era uma e nos anos da ditadura militar, outra”.

As fontes mais utilizadas por Paula e Gabriella foram os acervos da Biblioteca Nacional e do Arquivo Histórico de Ribeirão Preto. O trabalho de “garimpagem” dos jornais, entretanto, não foi fácil, como observa Paula. “Alguns exemplares a que tivemos acesso sequer tiveram como ser manuseados, por causa do avançado estado de deterioração”, lamenta. Segundo a jornalista, o livro não é uma obra acadêmica, mas uma produção destinada a todos os interessados pelo tema.

Serviço

Título: Jornalismo e modo de produção - As transformações dos impressos no nordeste do estado de São Paulo

Editora: Editora da Unicamp

Autoras: Paula Leani Rocha e Gabriella Zauith

Páginas: 136

Preço sugerido: R$ 28,00