Notícia

Folha da Região (Araçatuba, SP) online

Livro da Unesp mostra arte sacra colonial

Publicado em 16 dezembro 2001

O Barroco, que tem como características a exuberância de suas formas e os jogos entre claro e escuro, evocadores de imagens impressionantes em sua grandiosidade, predominou no Brasil do século 18 ao século seguinte - e não apenas na região das Minas Gerais. Este estilo fabuloso também encontra sua expressão artística na região paulista. É o que revela "Arte Sacra Colonial", estudo feito pelo professor de Estética, Pintura e História da Arte do Instituto de Artes da Unesp. em São Paulo, e artista plástico Percival Tirapeli. O livro abrange as várias manifestações do Barroco, como música, ornamentação, literatura e arte sacra, encontradas em um importante levantamento e análise de obras coloniais e barrocas desenvolvidas no estado de São Paulo, além daquelas verificadas em outras regiões do país. Apresentando como tema central as igrejas como centros irradiadores de cultura, o livro traz textos produzidos por vários especialistas na arte barroca, vinculados ao Projeto Barroco Memória Viva. que existe desde 1988 na UNESP. Traz ainda uma rica iconografia, com fotos inéditas das obras mais significativas do barroco brasileiro. Co-edição: Imprensa Oficial Apoio: Fapesp (287 páginas, R$ 45,00)