Notícia

Andifes

Livro da EdUFSCar aborda redes de cooperação em creches

Publicado em 09 novembro 2018

A EdUFSCar está lançando o livro “Redes de cooperação em creches: sete histórias sobre a integralidade do cuidado na infância e intersetorialidade em ação”, de autoria de Claudia Maria Simões Martinez e Carla Regina Silva, ambas docentes do Departamento de Terapia Ocupacional (DTO) da UFSCar. O prefácio é de autoria da pesquisadora Anete Abramowicz.

“Este livro nasce do desejo de identificar e divulgar as boas práticas em creches presentes no Estado de São Paulo, entendidas como aquelas que promovem ações intersetoriais para a atenção integral à criança, em uma perspectiva de trabalho em redes de colaboração”, explicam as autoras. Os capítulos ilustram, por meio das histórias de sete municípios, as boas práticas intersetoriais cotidianas encontradas nas creches.

Os dados que estão no livro foram gerados a partir do desenvolvimento de uma pesquisa realizada entre os anos de 2013 e 2015 e financiada pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) e pela Fundação Maria Cecília Souto Vidigal (FMCSV). A equipe foi composta pelas professoras da UFSCar Maria Cristina Piumbato Innocentini Hayashi, Regina Helena Torkomian, Patrícia Della Barba; pela docente convidada da Universidade do Porto (Portugal), Anne Marie Fontaine; por bolsistas que receberam apoio da FMCSV/Fapesp; e colaboradores da UFSCar e da Universidade de São Paulo (USP).

A pesquisa foi desenvolvida a partir do relato dos gestores sobre o que fazem e com quem contam para resolver determinadas ações típicas do dia a dia das creches, como por exemplo: se uma criança cai e se machuca, como são revisadas as condições de segurança dos brinquedos; ou o que é feito quando há problemas de maus tratos, entre outros temas.

Os capítulos do livro foram escritos por docentes, terapeutas ocupacionais integrantes do DTO e por estudantes. A obra é destinada a gestores e dirigentes de estabelecimentos de Educação Infantil públicos e privados e também interessa aos profissionais envolvidos com a Educação Infantil e o cuidado integral da criança na primeira infância, pois indica como resolver problemas cotidianos neste campo e como adotar boas práticas em conjunto a toda uma rede de proteção, que deve ser fortalecida para o desenvolvimento integral das crianças. “Supomos que as práticas descritas possam inspirar e até mesmo serem adotadas pelos profissionais, mas de maneira cuidadosa e respeitosa, frente às especificidades de cada local com sua própria história, e estimulando transformações”, destacam Martinez e Silva.

Mais informações sobre o livro podem ser obtidas no site da EdUFSCar.

Programa de Pós-Graduação em Estatística realiza processo seletivo

O Programa Interinstitucional de Pós-Graduação em Estatística UFSCar-USP (PIPGEs) está com inscrições abertas até o dia 29 de novembro no processo seletivo para os seus cursos de mestrado e doutorado, com ingresso no início de 2019. O Programa é uma parceria da UFSCar com o Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da Universidade de São Paulo (USP), também sediado em São Carlos.

Estão sendo oferecidas 30 vagas para o mestrado e 20 para o doutorado, e as inscrições são realizadas em sistema eletrônico disponível no site do Programa. Para o mestrado, além da análise da formação acadêmica e do currículo como um todo, fará parte dos critérios de seleção o desempenho em curso de Teoria das Probabilidades no Programa de Verão do PIPGEs, que acontece a partir do dia 2 de janeiro. Todos os detalhes estão nos editais disponíveis em página do PIPGEs.

O principal objetivo do PIPGEs é a formação de pesquisadores com atuação direta na modelagem, descrição e estimação de fenômenos aleatórios, assim como na sua aplicação na indústria e em áreas como Medicina e Biologia, entre outras. As linhas de pesquisa são: Análise de Sobrevivência, Inferência Bayesiana, Inferência Estatística, Modelos de Regressão e Probabilidade. Mais informações no site do PIPGEs, em www.pipges.ufscar.br.