Notícia

Portal do Governo do Estado de São Paulo

Lançamento do milésimo título marca 20 anos da Edusp

Publicado em 18 março 2008

Como parte das comemorações dos vinte anos de atividade editorial, a Edusp lança Épicos — em co-edição com a Imprensa Oficial do Estado de São Paulo — o primeiro volume da Coleção Multiclássicos, concebida e organizada por Ivan Teixeira. O livro é o milésimo título publicado pela Edusp e será lançado durante a festa de aniversário, no dia 25 de março, no auditório da Fiesp (Avenida Paulista, 1313), partir das 19 horas. 

Épicos apresenta os textos mais representativos dessa tradição. O primeiro é Prosopopéia, de Bento Teixeira, que narra o início da colonização portuguesa no Brasil, produzindo um resumo poético da fundação de Pernambuco. O poema seguinte é O Uraguai, de Basílio da Gama, que satiriza a civilização jesuítica e constrói uma insinuante narrativa sobre a incorporação de terras do Rio Grande do Sul aos domínios portugueses no Brasil. O mais ambicioso poema do volume talvez seja Caramuru, em que Frei Jo sé de Santa Rita Durão apresenta uma síntese poética de toda a história do país, desde a descoberta até a criação do primeiro Governo Geral, na Bahia. Em forma de profecia, narra também a invasão holandesa a Pernambuco. Vila Rica, de Cláudio Manuel da Costa, reconstrói discursos sobre a fundação da cidade na época da mineração, no momento singular da Guerra dos Emboabas.

Em A Confederação dos Tamoios, Gonçalves de Magalhães, procurando uma dicção nobilitante para a cultura do Segundo Reinado, elabora um relato heróico sobre a participação dos índios na luta entre católicos e protestantes no Brasil, episódio de que resulta a fundação do Rio de Janeiro. O último poema do volume é I-Juca-Pirama, obra-prima do romantismo brasileiro, em que Gonçalves Dias compõe um combate imaginário entre Timbiras e Tupis, como condição para realizar uma admirável experiência formal e conceitual sobre os limites da poesia épica e sobre a ética prevista pelo código artístico desse gênero.

Depois de breve apresentação das idéias que norteiam a coleção, assinada por Ivan Teixeira, o volume traz longo e sistemático estudo sobre o gênero épico, escrito por João Adolfo Hansen, do Departamento de Letras da USP. Depois, seguem os seis poemas, cada um antecedido por ensaios escritos por especialistas. Além de conter a história editorial do poema em questão, cada ensaio apresenta uma revisão crítica de sua importância, em perspectiva histórica.

Os autores dos ensaios são os seguintes professores doutores e/ou livre-docentes, por ordem de aparecimento: Marcello Moreira, da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB); Ivan Teixeira, da ECA-USP e da Universidade do Texas em Austin; Berty Biron, pesquisadora formada pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (pucrj); Eliana Scotti Muzzi, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG); João Adalberto Campato Júnior, da Universidade Estadual de Londrina (UEL); e Paulo Franchetti, professor livre-docente da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). No fim do volume, há um minucioso glossário, que esclarece dificuldades vocabulares, mitológicas, históricas e geográficas.

Nova coleção

"A Coleção Multiclássicos, em princípio, destina-se a todos os leitores que, preferindo edições sistemáticas e de alto padrão, desejem aprimorar seu contato com o acervo da tradição, aqui primordialmente representado por obras de literatura, de história, de moralidade, de política e de informação geográfica. [...] A coleção almeja participar do processo de eliminação de duas conhecidas dificuldades no âmbito universitário brasileiro: agrupar textos importantes, com aparato crítico atualizado e de ótimo padrão, e institucionalizar uma forma adequada e moderna de veiculação de grandes autores da cultura humanística no Brasil", escreve Ivan Teixeira na apresentação.

Cada volume conterá entre três e seis obras, que serão selecionadas pelo gênero de sua escritura. A abertura dos volumes terá sempre um ensaio inédito de estudioso de reconhecido mérito no gênero em questão. Cada obra literária será antecedida por um estudo particular, escrito por especialistas, com a relação histórica de suas edições e com os respectivos critérios editoriais.

O próximo volume da coleção terá romances da segunda metade do século XIX e deverá chamar-se Naturalistas.

O organizador

Ivan Teixeira é professor de Literatura Brasileira da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo e da Universidade do Texas em Austin. Organizou e prefaciou diversas edições de clássicos da Literatura Brasileira. Escreveu Apresentação de Machado de Assis e Mecenato Pombalino e Poesia Neoclássica (Edusp/Fapesp). Por este último, recebeu o Lasa Book Prize (EUA) e o Prêmio Jabuti, ambos em 2000.

Serviço:

Épicos - Coleção Multiclássicos

Organizador: Ivan Teixeira

Edusp/Imprensa Oficial do Estado de São Paulo

1224 páginas

R$ 120,00

(C.C.)