Notícia

Capes

Lançada a segunda edição do Programa Dra. Ruth Cardoso

Publicado em 30 outubro 2009

As inscrições para a segunda edição do Programa Dra. Ruth Cardoso começam nesta sexta-feira, 30. A iniciativa oferece apoio à participação de professores e pesquisadores brasileiros das áreas de ciências humanas e sociais nas atividades da Universidade de Columbia, na cidade de Nova York, EUA. As inscrições vão até 15 de janeiro de 2010.

O Programa Dra. Ruth Cardoso é uma parceria da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), a Universidade de Columbia (UC) e a Comissão para o Intercâmbio Educacional entre os Estados Unidos da América e o Brasil (Fulbright).

Um dos objetivos do programa é destacar, no meio universitário e de pesquisa dos Estados Unidos, o desempenho de cientistas brasileiros que atuam em instituições do país nas áreas citadas. Desta maneira, promover um alto nível de aproximação, diálogo e aprofundamento no conhecimento mútuo das respectivas culturas e sociedades.

O Programa busca honrar a memória da professora Ruth Corrêa Leite Cardoso, antropóloga e docente da Universidade de São Paulo, que foi bolsista da Comissão Fulbright na Universidade de Columbia em 1988. Além de possuir uma atuação destacada na cena acadêmica brasileira, foi casada por 55 anos com o ex-presidente do Brasil Fernando Henrique Cardoso. Ruth Cardoso faleceu em junho do ano passado.

Características e requisitos

O edital prevê a concessão de uma bolsa por ano, no valor de US$ 5 mil mensais, por até nove meses, além de um auxílio instalação de US$ 2 mil. O pesquisador também terá direito a um seguro saúde, passagem aérea de ida e volta em classe econômica promocional e moradia no campus da Universidade de Columbia, na cidade de Nova York, EUA em apartamento de um dormitório ou equivalente com acesso às instalações e serviços da Universidade.

Para concorrer ao edital, o pesquisador deve comprovar ter concluído seu doutorado antes de 2006, assim como estar credenciado como docente e orientador em programa de pós-graduação reconhecido pela Capes. É necessário que o candidato dedique-se em regime integral às atividades acadêmicas nas áreas de ciências humanas e sociais. Será dada preferência a candidatos que atuem nas áreas de antropologia de populações urbanas, sociologia e história do Brasil com enfoque em movimentos sociais contemporâneos.

A inscrição deve ser feita pela internet, com o preenchimento em inglês do Formulário de Inscrição online, um syllabus do curso proposto com no máximo dez páginas e três cartas de recomendação em inglês. Além de um currículo atualizado em português, disponível na Plataforma Lattes, um currículo resumido em inglês e o projeto de pesquisa a ser desenvolvido na Universidade de Columbia.

A previsão para implementação da bolsa é para agosto e setembro de 2010. Mais informações podem ser obtidas pelo endereço rcaward@fulbright.org.br Este endereço de e-mail está protegido contra spambots. Você deve habilitar o JavaScript para visualizá-lo. .

Primeiro edital

A primeira edição do programa aprovou o projeto de Lia Zanotta Machado, professora titular de Antropologia da Universidade de Brasília (UnB). A candidata atua principalmente, nas áreas de gênero, violência, estudos feministas, direitos à saúde e antropologia das políticas públicas de gênero e de saúde e apresentou o projeto apresentado, Brazilian Feminist Social Movements and Feminist Studies, que recebeu nota máxima no parecer de todos os avaliadores. Saiba mais.

Confira o edital: http://www.fapesp.br/materia/5423