Notícia

Folha.com

Laboratório do país entra em grupo internacional para criar novas drogas

Publicado em 06 abril 2016

Por Juliana Cunha
A farmacêutica brasileira Aché acaba de entrar no Structural Genomics Consortium (SGC), uma parceria internacional entre universidades, governos e indústrias para acelerar o desenvolvimento de novos remédios. O objetivo do consórcio, que se iniciou há onze anos e tem sede nas universidades de Toronto e Oxford, é reunir grandes equipes de cientistas para fazer a primeira parte da pesquisa que permite o desenvolvimento de novos fármacos. Chamada de etapa biológica, ou pré-clínica, essa é a fase em que os cientistas identificam [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.