Notícia

Esteta

Laboratório do IPT é reconhecido pela Marinha do Brasil

Publicado em 23 abril 2012

Agência FAPESP – O Laboratório de Segurança ao Fogo do Centro Tecnológico do Ambiente Construído (Cetac), do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), obteve o reconhecimento da Diretoria de Portos e Costas da Marinha do Brasil para integrar a rede mundial de testes da International Maritime Organization (IMO).

O reconhecimento permitirá ao laboratório do IPT realizar testes de não combustibilidade, fumaça, toxicidade, divisórias de diversas classes, sistemas de controle, portas corta-fogo, flamabilidade de superfícies, coberturas primárias de convés, mobília estofada e componentes de roupas de cama de embarcações.

“Passamos por auditoria técnica em diversas instâncias da Marinha brasileira e não tivemos pendências. Em breve, o Laboratório de Segurança do Fogo deverá constar na lista das unidades reconhecidas pela IMO”, disse o diretor do Cetac, Fulvio Vittorino.

Sediada em Londres, Inglaterra, a IMO elaborou o Código Internacional para o Uso de Procedimentos de Testes de Incêndio. Conhecido mundialmente como FTP Code, o código prevê que laboratórios credenciados pela autoridade marítima em diversos países realizem ensaios de reação e resistência ao fogo em portas, anteparas e coberturas de convés, entre outros itens das embarcações.

A medida atende aos requisitos da chamada Convenção Solas, a Convenção Internacional para Salvaguarda da Vida Humana no Mar.

Mais informações: www.ipt.br/noticia/499-seguranca_ao_fogo_em_navios.htm .