Notícia

Buxixo

Juliana D"Agostini e Emmanuele Baldini se apresentam no CCSP

Publicado em 06 março 2012

A música erudita vai ecoar pela biblioteca e pelos jardins do Centro Cultural São Paulo na noite desta terça-feira (06/03). É lá que o duo de piano e violino, formado por Juliana D"Agostini e Emmanuele Baldini, dá início ao projeto "Terça na Praça", no CCSP, no Paraíso, centro de São Paulo. No repertório do concerto estão composições do brasileiro Heitor Villa-Lobos (1887-1959), do italiano Nino Rota (1911-1979) e César Franck (1822-1890). A apresentação será gratuita, em um palco montado bem no centro da biblioteca do CCSP.

O público verá um encontro inédito no palco no CCSP. A pianista paulistana Juliana D"Agostini, de 25 anos, e o experiente violinista italiano Emmanuele Baldini, de 40 anos, se apresentam juntos pela primeira vez. O recital será uma prévia do CD que a dupla prepara para o segundo semestre deste ano e que será lançado pela gravadora Villa Nova, num repertório que une raízes brasileiras e italianas, familiares aos dois artistas. "É um privilégio participar de um programa tão democrático, que visa popularizar a música clássica. É importante que o músico clássico saia do pedestal e fale com um público cada vez maior e mais jovem. A música não tem barreiras", explica a pianista Juliana D"Agostini. "Neste recital, o público vai poder ver, em primeira mão, uma prévia do CD que estamos preparando para este ano. É sempre empolgante fazer parcerias com jovens talentos, que extraem novas sonoridades de peças clássicas", explica o violinista Emmanuele Baldini, spalla da Osesp (Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo).

De forma democrática, mais despojada e informal, o projeto "Terça na Praça", do Centro Cultural São Paulo, visa aproximar os artistas de seu público e levar a música clássica a um número maior de ouvintes, especialmente jovens e estudantes, principal público frequentador do CCSP. A música irá reverberar por todos os pisos do prédio modernista e será possível assistir ao show de diferentes pontos do centro cultural, com suas dimensões amplas, múltiplas entradas e caminhos. Show para agradar a especialistas, amadores, ouvidos treinados ou simplesmente sensíveis.

Programa

H. VILLA-LOBOS - Sonata-Fantaisie no. 1, Désespérance

NINO ROTA - Sonata in G major, for Violin and Piano

1. Allegretto cantabile con moto

2. Largo sostenuto

3. Allegro assai moderato

CESAR FRANCK - Sonata in A major for Violin and Piano

1. Allegretto moderato

2. Allegro

3. Ben moderato: Recitative-Fantasia

4. Allegretto poco mosso

· O quê: Juliana D"Agostini + Emmanuele Baldini: Recital de Piano e Violino

· Quando: 06/março/12, terça-feira, às 20h

· Quanto: Entrada franca

· Onde: Centro Cultural São Paulo - Rua Vergueiro, 1000 - Paraíso - Tel. 11 3397-4002. 110 lugares - sem necessidade de retirada de ingressos.

· Duração: 90 minutos.

Sobre Juliana D"Agostini:

Aos 25 anos, a pianista paulistana Juliana D"Agostini toca desde os cinco anos de idade. Influenciada por uma família que admira música, Juliana aprendeu a tocar Beethoven de ouvido, aptidão de quem tem "ouvido absoluto". Formada em Piano pela Universidade de São Paulo (USP), sob a tutela de Eduardo Monteiro, fez especializações na França, Académies Internationales d"Été du Grand Nancy e Strasbourg National Conservatoire, e, nos EUA, sob a regência de Wha Kyung Byun, em Boston, de Caio Pagano, no Arizona, e de Max Barros, em Nova York. Em 2010, lançou seu primeiro CD, "Chopin | Liszt", em que interpreta peças dos compositores românticos. O álbum foi muito bem recebido pela crítica e caracterizado como união de "técnica e sensibilidade" (revista Veja). Em 2011, lançou o álbum "Juliana DAgostini + Catalin Rotaru". Em parceria com o contrabaixista romeno Catalin Rotaru, interpreta repertório que vai de Schubert a Villa-Lobos. A musicista também pesquisa a fundo a história e obras de seus ídolos eruditos e faz palestras a respeito. Associada à FAPESP, já trabalhou em sonatas de Ludwig Van Beethoven e nos manuscritos do compositor brasileiro Henrique Oswald. Apesar de jovem, Juliana já acumula importantes prêmios em sua carreira, como IV OSBA Young Soloist Competition - 1º lugar (2005); XIV Arnaldo Estrella National Piano Competition - 1º lugar (2006); XIX Artlivre Piano Competition - 1º lugar (2006); 2010 Seattle International Piano Competition - Collegiate Semi-Finalists e o mais recente, em 2011, finalista do 7º Prêmio Bravo de Cultura, na categoria de Melhor CD Erudito.

www.julianadagostini.com.br

Sobre Emmanuele Baldini:

Nascido numa família de músicos, Emmanuele Baldini foi aluno da classe de "Virtuositè" de Corrado Romano, no Conservatório de Genebra. Estudou música de câmara com o Trio di Trieste e Franco Rossi, tendo se aprefeiçoado em Berlim e em Salzburgo com Ruggiero Ricci. Vencedor de diversos concursos internacionais, deu início à carreira solo após vencer o "Virtuositè", de Genebra, e o 3º prêmio no concurso Lipizer, em Gorizia (Itália). Tanto como solista como em recitais para violino e piano, apresentou-se por toda a Itália e pelas principais cidades européias. Sua discografia inclui gravações para os selos Agorà, Algol, Rivoalto e Phoenix, destacando-se o CD Sonatas de Franck e Magnard - muito elogiado pela crítica internacional - Viotti (duetos de violinos e sonatas para violino e violoncelo), Paganini e Tartini (peças virtuosas), Weber e Mendelssohn (sonatas para violino e piano) e Martucci (obras completas para violino e piano), considerado um dos maiores tributos a Martucci, segundo Giancarlo Cerisola da Classic Voice. Emannuele foi spalla da Orquestra do Teatro Comunale de Bolonha, Orquestra de Trieste, Sinfônica da Galícia, tendo colaborado também com a Orquestra do Teatro alla Scala de Milão. Desde 2005, é spalla da Osesp e fundou o Quarteto Osesp, do qual é primeiro violino.

www.emmanuelebaldini.me