Notícia

Jornal O Imparcial (Araraquara, SP) online

José Arana Varela é reconduzido ao cargo de diretor-presidente do CTA da FAPESP

Publicado em 08 outubro 2015

O vice-diretor do Centro de Desenvolvimento de Materiais Funcionais (CDMF), José Arana Varela, foi reconduzido ao cargo de diretor-presidente do Conselho Técnico-Administrativo (CTA) da FAPESP pelo governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin. Três novos membros do Conselho Superior da Fundação também foram nomeados: Carmino Antonio de Souza, João Fernando Gomes de Oliveira e Pedro Wongtschowski. A recondução e as nomeações foram publicadas no Diário Oficial do Estado de São Paulo do dia 6 de outubro.Varela é professor titular do Instituto de Química da Universidade Estadual Paulista (UNESP), campus de Araraquara. Além da vice-diretoria do CDMF, o professor é ainda coordenador de pesquisa do Centro. Físico, doutor em Materiais Cerâmicos pela Universidade de Washington, Varela é membro do Conselho Superior de Inovação e Competitividade da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e da Sociedade Brasileira de Física. Éfellow da American Ceramic Society e membro da Materials Research Society, ambas nos Estados Unidos. Foi diretor-presidente do CTA da FAPESP de 2012 a fevereiro de 2015 e membro do Conselho Superior da Fundação de 2004 a 2010, ocupando a posição de vice-presidente entre 2007 e 2010. Seu nome encabeçava a lista tríplice encaminhada pelo Conselho Superior da Fundação ao governador.  O Conselho Superior da FAPESP é formado por 12 membros, com mandato de seis anos. Seis deles são de livre escolha do governador do Estado e os demais são indicados por ele a partir de listas tríplices eleitas pelas universidades estaduais paulistas e pelas instituições de ensino superior e pesquisa, públicas e particulares, sediadas no Estado de São Paulo.O CTA da Fundação constitui sua diretoria executiva, formada pelo diretor presidente, Varela, pelo diretor científico, Carlos Henrique de Brito Cruz, e pelo diretor administrativo, Joaquim José de Camargo Engler. Com mandatos de três anos e possibilidade de reeleição, os diretores são indicados pelo governador, a partir de listas tríplices elaboradas pelo Conselho Superior. Sobre o CDMFO CDMF é um dos Centros de Pesquisa, Inovação e Difusão (CEPID) apoiados pela FAPESP. O Centro também recebe investimento do CNPq, a partir do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia dos Materiais em Nanotecnologia (INCTMN), integrando uma rede de pesquisa entre Universidade Estadual Paulista (UNESP), Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), Universidade de São Paulo (USP) e Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN).