Notícia

Jornal do Commercio (PE) online

JC recebe menção honrosa em prêmio latino-americano de saúde

Publicado em 26 junho 2013

Veronica Almeida, repórter especial do Jornal do Commercio, conquistou menção honrosa no Prêmio Roche de Jornalismo em Saúde 2013 (categoria jornalismo escrito), organizado pela Roche e a Fundação Gabriel García Márquez para o Novo Jornalismo Iberoamericano (FNPI), da Colômbia, com a reportagem Expedições doenças sem fim, publicada em agosto do ano passado pelo JC. Ela e outros três jornalistas latino-americanos estão sendo homenageados, além dos três finalistas do concurso que reuniu 137 trabalhos de 16 países. Expedições denuncia a persistência de nove doenças negligenciadas: esquistossomose, Chagas, leishmaniose, tuberculose, hanseníase, filariose, tracoma, verminose e febre reumática.

Segundo comunicado lançado na última terça-feira pelos organizadores do prêmio, "o júri destacou que Expedições doenças sem fim é um magnífico e extenso trabalho de investigação jornalística sobre as doenças que convivem com a pobreza no Norte e Nordeste do Brasil". Os jurados também consideraram o grande número de especialistas, cientistas, doentes e familiares entrevistados, as soluções propostas para acabar com o problema de saúde pública e a comparação de dados atuais com documentos históricos feita pela reportagem, que mostrou a evolução das enfermidades ao longo de um século. O trabalho também foi finalista do Prêmio Esso Regional e a sua versão online conquistou o Prêmio Cristina Tavares de webjornalismo.

"Essa reportagem serviu para situar a realidade da saúde brasileira, ainda desigual apesar das políticas de combate à miséria. Denuncia a herança de nove doenças historicamente negligenciadas em Pernambuco, que contraditoriamente se destaca pelo crescimento econômico", diz Veronica, que pesquisou registros científicos e relatórios de antigas expedições sanitárias, além de viajar a lugarejos diversos, ouvir pesquisadores, médicos de serviços de referência e gestores públicos.  A reportagem foi apresentada num caderno especial de 32 páginas, com conteúdo ampliado em hotsite.

Carlos Henrique Fioravanti, com o trabalho Luta contra o sol, publicado na revista Pesquisa Fapesp, Flávia Duarte, com o especial Longevidade para todos?, do Correio Braziliense, e Sigfredo Ramírez, com La gran reforma que no fue, de El Salvador, são os vencedores do prêmio. Gabriela Cícero, da Argentina (La Nacion), Fabricio Márquez, do Brasil (Revista Impresso) e Ronald Portillo, de El Salvador (La Prensa Gráfica), também receberam menção honrosa.