Notícia

Rondônia Vip

JBS anuncia estudo para diminuir gás metano expelido por bovinos

Publicado em 15 julho 2021

Gás metano é responsável pelo aumento do efeito estufa; atividade pecuária busca soluções

A JBS anunciou nesta 5ª feira (15.jul.2021) que vai fazer um estudo para tentar reduzir a emissão de gases do efeito estufa pela cadeia bovina. A pesquisa será realizada em parceria com o Instituto de Zootecnia da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo.

O gado contribui com o aumento do efeito estufa porque emite metano por meio de suas flatulências, sobretudo por meio de arrotos. O metano é um dos principais gases responsáveis pelo aquecimento global. Por isso, a atividade pecuária busca soluções para o problema.

O projeto anunciado nesta 5ª feira (15.jul) pela JBS vai buscar aditivos alimentares que melhorem a eficiência do uso de nutrientes na dieta dos animais e, assim, diminuam a emissão de metano. Os primeiros aditivos testados são os taninos, moléculas complexas oriundas de plantas.

Segundo a JBS, os pesquisadores do Instituto de Zootecnia vão acompanhar por aproximadamente 6 meses a reação dos animais da empresa que ficam confinados em Guaiçara (SP). A pesquisa começou em maio e será validada em laboratório, por meio de um instrumento que permite medir com precisão o potencial dos aditivos na redução das emissões de metano. O estudo também conta com investimento da Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo) e apoio da Silvateam, fornecedora de aditivos alimentares.

O presidente da Friboi, Renato Costa, disse que o estudo faz parte do compromisso Net Zero 2040 da JBS. O compromisso, anunciado em março de 2021, é de zerar o balanço líquido de suas emissões de gases efeito estufa até 2040. A JBS é a líder mundial do setor de proteínas e a 2ª maior indústria de alimentos do mundo.