Notícia

Toda Fruta

Jardineiros da pesada

Publicado em 27 maio 2015

Por Francisco Bicudo

Preguiças-gigantes, mastodontes e cavalos selvagens povoavam a paisagem na América do Sul até cerca de 10 mil anos atrás. A extinção desses mamíferos que podiam pesar toneladas, conhecidos como a megafauna do Pleistoceno, pode ter provocado impactos consideráveis na vegetação do Pantanal brasileiro, de acordo com artigo publicado em agosto de 2014 na revista Oecologia. A flora que dependia deles como dispersores de sementes, embora não tenha sumido (há outros dispersores, como o homem), pode ter se tornado menos abundante que no passado, ocupando áreas mais restritas. “Nossa proposta foi abrir espaço para uma abordagem ecológica, capaz de observar relações específicas estabelecidas entre os bichos e as plantas, para entender o que aconteceu quando os gigantes saíram de cena”, explica Mathias Pires, do Departamento de Ecologia do Instituto de Biociências da Universidade de São Paulo (IB-USP).

 

Ver artigo na íntegra - http://revistapesquisa.fapesp.br/wp-content/uploads/2015/05/052-053_Megafauna_231.pdf?6a184b

Revista Pesquisa - FAPESP

Ed. 231 MAIO 2015