Notícia

Rural Centro

IZ instala brete hidráulico de contenção para manejo racional

Publicado em 05 janeiro 2015

Bem-estar animal é uma das mais importantes premissas do Instituto de Zootecnia (IZ-APTA), da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo. Buscando aprimorar os trabalhos, o Centro Avançado de Pesquisa em Bovinos de Corte em Sertãozinho (SP), adquiriu um dos melhores troncos do mercado para manejo racional de bovinos.

Trata-se de um brete hidráulico de contenção e dois corredores ajustáveis que complementaram o curral de manejo, o equipamento facilita o trabalho com todo rebanho, com rapidez e segurança na movimentação dos animais. Os equipamentos são construídos em aço de alta resistência, possuem tecnologias que garantem adequada pressão hidráulica para conter os animais sem machucá-los, garantindo silêncio e total automação no manejo. Uma balança eletrônica acompanha o equipamento, facilitando o controle de peso dos animais.

Os trabalhos do Centro ganham esse diferencial que reafirma o comprometimento ao bem-estar animal, amenizando o estresse no manejo. “O brete é um dos recentes investimentos do IZ, que facilitará o manejo no dia a dia de toda a Fazenda”, explica a pesquisadora e diretora do IZ, Renata Branco Arnandes.

Um estudo financiado pela FAPESP e liderado pela pesquisadora Dra. Maria Lucia Pereira Lima está sendo conduzido no local. O trabalho visa avaliar os impactos do manejo racional no estresse dos bovinos quando se compara ao manejo tradicional, feito no curral antigo da referida fazenda. Amostras de sangue dos animais poderão revelar os níveis de cortisol (hormônio relacionado ao estresse) dos bovinos manejados de forma racional.

Resultados de pesquisas realizadas anteriormente pela Dra. Maria Lucia, em fazendas comerciais, comparando o manejo tradicional e o manejo racional, visando o bem estar de vacas aneloradas, revelaram diminuição de 37% dos níveis de cortisol sanguíneo e diminuição de 43% no tempo gasto para realização dos procedimentos no curral de manejo.

Fonte: Divulgação