Notícia

UDOP - União dos Produtores de Bioenergia

IPT inaugura novo laboratório de motores  

Publicado em 23 agosto 2011

O Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) inaugurou no dia 18 de agosto um novo laboratório de motores, para atuar em pesquisa e desenvolvimento de combustíveis, aditivos e propulsores a combustão, com foco em motores e veículos do ciclo diesel.

A modernização do laboratório, que existe há 30 anos, foi viabilizada com investimento de R$ 6,2 milhões, dos quais R$ 5 milhões foram aplicados pela Petrobras em novos equipamentos e R$ 1,2 milhão pelo governo do Estado de São Paulo na reforma da infraestrutura laboratorial.

Segundo o IPT, com os investimentos realizados foi renovada a bancada de dinamômetro dinâmico do laboratório, também conhecida como "bancada transiente", permitindo analisar propulsores em diferentes condições de uso para potências de 330 kW e 1400 Nm de torque.

"Nesses equipamentos, é possível acelerar ou frear o motor, acompanhando em tempo real o que está acontecendo, com todos os dados passando por sistemas informatizados", explicou João Fernando Gomes de Oliveira, diretor-presidente do IPT.

O projeto também viabilizou a aquisição de uma nova bancada dinamométrica passiva (500 kW/1200 Nm) para ensaios de desempenho e durabilidade de combustíveis e motores.

O laboratório passou a contar ainda com um sistema de medição de emissões reguladas embarcada (on-board), usado para a realização de ensaios de emissões de veículos em uso.

O sistema é embarcado com GPS para medição de emissões gasosas, possibilitando a avaliação de veículos em condições de uso, a elaboração de inventários de emissões veiculares e a avaliação de novos combustíveis e de novas tecnologias veiculares, como veículos híbridos.

De acordo com a instituição, com o conjunto de novos equipamentos será possível realizar as certificações de veículos comerciais de acordo com as novas legislações ambientais, como o Euro 5 do Programa de Controle da Poluição do Ar por Veículos Automotores (Proconve), que busca diminuir os níveis de poluição emitidos por caminhões e ônibus. Esse programa também é conhecido como Proconve 7 e está previsto para entrar em vigor em janeiro de 2012.


Fonte: Agência Fapesp