Notícia

Portal Gazeta de São Carlos

Ipen realiza workshop para debater resultados de pesquisa em corrosão

Publicado em 06 fevereiro 2019

Por Agência FAPESP

Com o objetivo de compartilhar os resultados obtidos no desenvolvimento do Projeto Temático “Estudo da corrosão localizada e caracterização da resistência a corrosão associada à fadiga na região de solda em ligas de alumínio de elevada resistência soldadas por fricção (FSW)”, o Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (Ipen) realizará, na próxima segunda-feira (04/02), das 9h às 15h40, o 4º Workshop do Projeto FAPESP 2013/13235-6.

Coordenado pela pesquisadora Isolda Costa, do Centro de Ciência e Tecnologia dos Materiais (CCTM) do Ipen, o projeto encerra-se no mês de maio e registra, até o momento, dez trabalhos aceitos para publicação em jornais de circulação internacional e com política de revisão pelos pares. “Além desses, 10 outros trabalhos foram submetidos a publicação e se encontram em fase de avaliação”, disse Costa em comunicado do instituto.

O projeto se propôs a estudar o comportamento da região de solda de ligas de alumínio de elevada resistência mecânica, soldadas por fricção (FSW, acrônimo de Friction Stir Welding), com ênfase na identificação de efeitos galvânicos que pudessem contribuir para a aceleração da corrosão. Segundo Costa, esse objetivo foi atingido e pode-se dizer que o grupo que desenvolveu as pesquisas hoje é detentor de um saber que é de grande interesse do setor aeronáutico, especificamente da indústria de aviação.

“Os benefícios para a indústria aeronáutica estão relacionados ao uso da soldagem FSW na montagem das peças de forma a evitar os rebites, os quais representam grande proporção no peso das aeronaves e, consequentemente, aumento do consumo de combustíveis e geração de poluentes. Esse processo de soldagem (FSW) é relativamente recente, da década de 1990, e seu efeito no comportamento frente à corrosão das ligas de alumínio de alta resistência precisa ser mais bem conhecido”, disse.

Os resultados obtidos foram além das expectativas de produtividade do projeto, avalia Isolda. “É muito importante a divulgação dos resultados do último período de trabalho, o que ocorrerá neste 4º Workshop, para que os participantes possam pensar conjuntamente as possibilidades de dar continuidade ao trabalho e as possíveis formas de divulgação dos resultados do período final”, disse Costa.

O projeto foi realizado em colaboração com a Universidade de São Paulo (Escola Politécnica e Escola de Engenharia de São Carlos), Universidade Estadual Paulista (Unesp – Araraquara), Universidade Federal de São Paulo (Unifesp – Diadema) e o Laboratório Nacional de Nanotecnologia (LNNano).

Integram o projeto os pesquisadores Hercilio Gomes de Melo (Escola Politécnica – USP), Waldek Wladimir Bose Filho (USP – São Carlos), Cecilio Sadao Fugivara e Marina Magnani (Unesp – Araraquara), Cristiane Reis Martins (Unifesp – Diadema), Fernanda Martins Queiroz (Senai SP) e Maysa Terada (LNNano). Do Ipen, participam Uyime Donatus (pós-doutorando) e Fernando Moreira (do Escritório de Gestão de Projetos).

O workshop terá início às 9 horas, com a saudação do diretor de Pesquisa, Desenvolvimento e Ensino do Ipen, Marcelo Linardi e da gerente do CCTM, Eliana Muccillo. Em seguida, Isolda Costa dará as boas-vindas aos participantes e apresentará os resultados gerais do projeto. Na sequência, Fernando Moreira, gerente do Escritório de Gestão de Projetos (EGP/IPEN), fará suas considerações.

A primeira apresentação, às 9h30, será do professor Bose Filho, que abordará o tema “Efeito da microestrutura na corrosão e corrosão fadiga de ligas de Al”. Às 9h50, Gomes de Melo falará sobre “The FSW process in high strength aluminium alloys used in the aerospace industry”.

A programação segue com Fugivara e Magnani, com o tema “Comportamento eletroquímico nas minirregiões da liga AA2024 e AA7475 soldadas por FSW em diferentes eletrólitos”. Em seguida, Donatus falará sobre “Corrosion resistance of age-hardened aluminium alloys”.

Mais informações e a programação completa estão em: www.ipen.br/portal_por/portal/interna.php?secao_id=38&campo=11649.

Por Agência FAPESP