Notícia

GCN

IPCC

Publicado em 24 agosto 2014

Por Wilson Marini

Caso as emissões de gases do efeito estufa continuem crescendo às atuais taxas ao longo dos próximos anos, a temperatura do planeta poderá aumentar até 4,8 graus Celsius neste século, o que poderá resultar em uma elevação de até 82 centímetros no nível do mar e causar danos importantes na maior parte das regiões costeiras do globo, segundo informa a Agência Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo). Este é o alerta dos cientistas do Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas (IPCC), da ONU (Organização das Nações Unidas), que divulgaram em setembro de 2013, em Estocolmo, na Suécia, a primeira parte de seu quinto relatório de avaliação. O documento apresenta as bases científicas da mudança climática global. “A humanidade nunca enfrentou um problema cuja relevância chegasse perto das mudanças climáticas, que vai afetar absolutamente todos os seres vivos do planeta”, disse à Agência Fapesp o pesquisador Paulo Artaxo, professor do Instituto de Física da USP. Para ele, a medida mais urgente é a redução das emissões de gases de efeito estufa, compromisso que tem de ser assumido por todas as nações.

Jornalista - email wmarini@apj.inf.br