Notícia

O Estado do Paraná

Internet 2: 200 vezes superior

Publicado em 26 dezembro 1999

A primeira rede pública brasileira de computadores por fibra óptica com padrão Internet 2, a Rede Metropolitana de Alta Velocidade de São Paulo (RMAV-SP), começou oficialmente a operar em São Paulo com velocidade 200 vezes superior à da atual Internet. O lançamento da nova rede foi marcado pela realização, pela primeira vez no Brasil, de vídeo conferências, via Internet 2, com equipamentos de última geração da Picture Tel, concedidos pela SND, distribuidora oficial da marca no país. A Internet 2 é uma versão avançada da Internet que permite transportar áudio, vídeo e dados com qualidade superior e sem as interrupções comuns. Em atividade nos EUA desde 1997, a Internet 2 interliga hoje mais de 150 universidades, viabilizando a realização de aplicações difíceis de serem executadas na Internet convencional. No Brasil a RMAV-SP vai permitir a execução de vídeo conferências avançadas, dentre elas a telemedicina - transmissão de informações e imagens (radiografias, exames clínicos e cirurgias) por computador, além da educação a distância e gerenciamento e segurança. A RMAV-SP foi formada por um consórcio entre o Laboratório de Arquitetura e Redes de Computadores da Escola Politécnica (Larc-Poli/Usp), o Centro de Computação Eletrônica da USP (CCE), o Instituto do Coração do Hospital das Clínicas (Incor), a Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), a Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), a Globocabo, administradora das operadoras de TV a cabo NET, a Telefônica Empresas e a própria Fapesp. A Remet tem como consorciados a Universidade Estadual de Campinas. Unicamp, a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, Embrapa, Prefeitura Municipal de Campinas. A vídeo conferência é realizada por redes RDSI ou IP com qualidade de TV. Também foi utilizado o sistema NetConference da PictureTel para interligar simultaneamente os sistemas de videoconferência, permitindo que cada uma das salas pudesse visualizar as demais. Este produto foi instalado em um servidor da rede IP, onde figuraram os demais sistemas de videoconferência, e possibilitou realizar diversas reuniões virtuais com quaisquer combinações destes sistemas.