Notícia

Estadão.com

Interferência na Fapesp ameaça ‘porto seguro’ da ciência em São Paulo, diz professor da USP

Publicado em 01 fevereiro 2017

Por Herton Escobar
A preocupação maior sobre o corte no orçamento da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) não é com o valor financeiro dos R$ 120 milhões que foram retirados, mas com a quebra de paradigma que ele representa, no que se refere ao cumprimento da vinculação orçamentária e o respeito à autonomia da agência. Em mais de 50 anos de existência da Fapesp, esses preceitos constitucionais nunca foram descumpridos, diz o físico Paulo Nussenzveig, professor e pesquisador do Instituto de Física da Universidade de [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.