Notícia

O Globo online

Inteligência artificial prevê risco de morte

Publicado em 04 novembro 2018

Por Sérgio Matsuura
RIO - Economista por formação, Alexandre Chiavegatto Filho, professor da Faculdade de Saúde Pública da USP, sempre se interessou pelo uso de dados para a tomada de decisões, sobretudo na área da saúde, onde informações podem ser decisivas para salvar vidas. Criador de algoritmos capazes de prever riscos de morte, o cientista será um dos participantes do Wired Festival, uma realização de Edições Globo Condé Nast e O GLOBO, com [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.

Essa notícia também repercutiu nos veículos:
Estadão.com O Estado de S. Paulo