Notícia

Política em Gotas

Instituto Unibanco apoia plataforma inédita Nexo Políticas Públicas

Publicado em 17 julho 2020

Por Vinicius de Carvalho

Com pesquisas sobre temas da agenda pública nacional, plataforma do jornal digital Nexo tem parceria de centros de pesquisa do país e do mundo

Com o objetivo de contribuir cada vez mais para o fomento e difusão do conhecimento científico na sociedade, o Instituto Unibanco anuncia seu apoio à plataforma Nexo Políticas Públicas, lançada nesta quinta-feira (2) pelo jornal digital Nexo. A partir de parcerias com alguns dos principais centros de pesquisa do Brasil e do mundo, o novo site traz, de maneira totalmente gratuita, conteúdo acadêmico-jornalístico, com linguagem clara e formatos inovadores, sobre temas estruturais para o País que têm interface com a formulação de políticas públicas.

Por meio do Centro de Pesquisa Transdisciplinar em Educação (CPTE), o Instituto Unibanco contribuirá com a produção de conteúdo semanal, além de uma coluna de opinião mensal. Nestes espaços, serão abordados temas amplamente pesquisados pela equipe do Instituto no âmbito do programa Jovem de Futuro, como gestão educacional, avaliação de impacto e implementação de políticas baseadas em evidências, entre outros.

De acordo com Paula Penko Teixeira, coordenadora de monitoramento e avaliação do Instituto, o apoio à plataforma é fundamental para fazer com que a experiência e os resultados obtidos pelo CPTE alcancem mais pessoas e organizações. “O que potencializa essa parceria – que permite a disseminação do conhecimento produzido pelo CPTE via Nexo Políticas Públicas – é justamente porque ocorre entre duas instituições que valorizam o uso da evidência em suas respectivas áreas de atuação: seja implementando política pública, seja informando seus leitores”, explica.

Além do CPTE, o Nexo Políticas Públicas conta com a parceria de: Núcleo de Pesquisa e Formação em Raça, Gênero e Justiça Racial (Afro-CEBRAP); Programa de Pesquisas em Caracterização, Conservação, Restauração e Uso Sustentável da Biodiversidade (BIOTA/FAPESP); Plataforma Brasileira de Biodiversidade e Serviços Ecossistêmicos (BPBES); Centro de Estudos da Metrópole (CEM-Cepid/Fapesp); Centro de Economia Energética e Ambiental (CENERGIA/COPPE/UFRJ); Centro de Estudos da América Latina David Rockefeller da Universidade de Harvard (DRCLAS – Harvard); e Instituto de Estudos para Políticas de Saúde (IEPS).

Conheça a plataforma em http://pp.nexojornal.com.br/