Notícia

Glorinha Cohen

Instituto Shoah de Direitos Humanos reúne acervo sobre o Holocausto

Publicado em 10 março 2013

Servir como fonte de conhecimento e auxiliar no processo de educação para uma cultura de paz. Essa é a missão do Instituto Shoah de Direitos Humanos (ISDH), iniciativa da Bnai Brith (Filhos da Aliança, em hebraico), principal entidade judaica dedicada à defesa dos Direitos Humanos, em parceria com o Laboratório de Estudos sobre Etnicidade, Racismo e Discriminação, do Departamento de História da USP (LEER - USP).

Para atender o objetivo, o ISDH, localizado no bairro dos Jardins, em São Paulo, reúne um acervo com cerca de 12 mil documentos, entre papéis diplomáticos e fotografias, além de vídeos com testemunhos de sobreviventes do Holocausto que escolheram o Brasil como sua nova pátria e outros materiais audiovisuais. Tudo resultado das pesquisas desenvolvidas pela equipe do Arqshoah- Arquivo Virtual sobre Holocausto, projeto do LEER-USP e Fapesp (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo), coordenado pela professora Dra. Maria Luiza Tucci Carneiro.

"Além de todo esse material que está à disposição da sociedade, o instituto também manterá uma sistemática ação educativa. Estão previstas a realização de oficinas de literatura, teatro e música que, somadas às Jornadas Interdisciplinares, em São Paulo, Rio de Janeiro, Niteroi, Curitiba e Porto Alegre, sempre em parceria com as Secretarias de Educação local, têm como objetivo ensinar nossos jovens a não esquecer", explica a professora.

Para Abraham Goldstein (foto), presidente da Bnai Brith do Brasil, "o uso de vasto material em um formato multidisciplinar permitirá que o trabalho de conscientização da população sobre os perigos da proliferação de ideias racistas e discriminatórias, ainda tão presentes nos dias atuais, alcance todos os cantos do país", diz. "A educação, o alerta e a participação ativa da sociedade são fundamentais para que o mundo não passe outra vez por experiências de atrocidades", afirma Goldstein.

Doações

Interessados em contribuir com o ISDH, seja com doação de material sobre o Holocausto ou com recursos, via Lei Rouanet, pode fazê-lo através dos e-mails :

brasil@bnai-brith.org.br  e/ou

isdh@bnai-brith.org.br