Notícia

Plantão News (MT)

Instituto Paulo Gontijo dará US$ 20 mil a estudo sobre esclerose lateral amiotrófica

Publicado em 13 junho 2016

O Prêmio Paulo Gontijo de Medicina Internacional oferece o prêmio de US$ 20 mil e uma medalha de ouro a um estudo sobre esclerose lateral amiotrófica (ELA).

A oitava edição do prêmio terá cerimônia de entrega ao ganhador durante a abertura do 27º Simpósio Internacional de ELA/DNM, que será realizado em Dublin, na Irlanda, em dezembro.

Os prêmios oferecidos não utilizam recursos provenientes de doações para o Instituto Paulo Gontijo (IPG). O prêmio conta com parceria da Aliança Internacional de ELA/DNM, da MND Association e da European Network for the Cure of ALS – ENCALS.

A esclerose lateral amiotrófica (ELA) provoca a morte de neurônios motores e causa paralisia total dos movimentos e é a terceira doença neurodegenerativa que mais acomete pessoas no mundo. Estima-se que 15 mil brasileiros tenham a doença.

Incentivar a pesquisa científica e disseminar as informações sobre o diagnóstico e o tratamento da doença é a missão do Instituto Paulo Gontijo.

O período de inscrição e envio de trabalhos vai até 1º de julho. Podem concorrer ao prêmio jovens pesquisadores de até 40 anos, de qualquer nacionalidade. O formulário de inscrição e o regulamento estão disponíveis no site do IPG.

Agência FAPESP