Notícia

A Tribuna (Santos, SP)

Instituto investirá US$ 11 mi em 2 embarcações

Publicado em 20 novembro 2010

Por

O Instituto Oceanográfico (IO) da USP vai investir cerca de US$ 11 milhões na aquisição de um navio e um barco oceanográficos para as pesquisas que serão geradas a partir da base em Santos. As embarcações substituirão o histórico naviooceanográfico Professor Besnard, que será aposentado e integrará o futuro Museu Marítimo de Santos.

Segundo o diretor do IO, Michel Michaelovitch, a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) vai comprar as novas embarcações para doar ao instituto.

O navio oceanográfico Moana Wave foi o escolhido pela universidade para substituir o Besnard. Construída em 1973 e remodelada em 2000,a embarcação custará US$ 9 milhões no total. Serão US$ 7,5 milhões para a aquisição, pagos a um estaleiro norte-americano, e US$ 1,5 milhão para a sua modernização.

Na última semana, representantes do IO estiveram nos EUA e acompanharam a auditoria feita no Moana Wave. Segundo o diretor, em 15 dias será conhecido o relatório das condições do navio. "A vistoria foi absolutamente rigorosa e a primeira impressão foi que o navio está em condições muito boas".

O futuro navio oceanográfico da USP tem 64 metros de comprimento por 11 de largura e pode deslocar 972 toneladas. O diferencial é sua autonomia de 70 dias, contra 15 do Besnard. Ele deverá receber um novo nome: Alpha Crucis, em alusão à estrela mais brilhante do Cruzeiro do Sul, que representa São Paulo na bandeira nacional.

A Fapesp ainda vai comprar um barco de 24 metros de comprimento para o IO. Custará até US$ 2 milhões e será construído por um estaleiro brasileiro. O lançamento ocorrerá 11 meses depois da encomenda. O barco também ficará em Santos.