Notícia

Portal Inovação MCT

Instituto Antártico de Pesquisas Ambientais inicia as suas atividades

Publicado em 16 abril 2009

Foi instalado no dia 1º de abril, em solenidade no Ministério do Meio Ambiente (MMA), o Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia Antártico de Pesquisas Ambientais (INCT - APA), que tem o objetivo de estudar as mudanças ambientais que ocorrem no continente antártico. A iniciativa é do MCT e se constitui em uma rede de pesquisa com a participação de mais de 40 pesquisadores ligados a 16 diferentes instituições. Entre elas, o MMA, que é um dos parceiros no projeto.

A atuação do instituto está focada na Ilha Rei George, arquipélago de Shetland do Sul, na Antártica Ocidental, onde está instalada a Estação Antártica Brasileira Comandante Ferraz. Essa região é a mais sensível do planeta às variações climáticas. As suas peculiaridades permitem que se detecte, precocemente, a resposta do ambiente às mudanças globais.

Instituto

Os Institutos Nacionais de C&T foram criados pelo MCT que, por meio do CNPq, lançou edital convocando a comunidade científica nacional a realizar pesquisas. A criação dos institutos conta com a parceria da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes/MEC) e das fundações de amparo à pesquisa do Amazonas (Fapeam), do Pará (Fapespa), de São Paulo (Fapesp), Minas Gerais (Fapemig), Rio de Janeiro (Faperj) e Santa Catarina (Fapesc), Ministério da Saúde e Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Foram criados 123 projetos que terão recursos de R$ 581 milhões para os próximos cinco anos.

Informações sobre as ações da Capes podem ser obtidas pelo site www.capes.gov.br.

Fonte: Gestão C&T