Notícia

Jornal Coletivo

Inscrições para bolsa terminam na quarta

Publicado em 27 fevereiro 2012

O programa oferece uma bolsa por ano, de US$ 5 mil mensais, por até nove meses, além de auxílio-instalação de US$ 2 mil. O beneficiário também tem direito a seguro-saúde, passagem aérea de ida e volta e moradia no campus da universidade norte-americana. Uma das propostas do programa é dar apoio a cientistas brasileiros das áreas de ciências humanas e sociais, além de promover a aproximação, o diálogo e o aprofundamento do conhecimento mútuo das respectivas culturas e sociedades.

 

Para concorrer à vaga, o pesquisador deve comprovar conclusão de curso de doutorado após 1994 e antes de 2005 e estar credenciado como professor e orientador em programa de pós-graduação reconhecido pela Capes. Terá preferência aquele que puder se dedicar em regime integral às atividades acadêmicas e que atue nas áreas de antropologia de populações urbanas, sociologia e história do Brasil, com enfoque em movimentos sociais contemporâneos.

Serão encerradas na quarta-feira (29), as inscrições de professores e pesquisadores brasileiros candidatos a bolsas de estudo nas áreas de ciências humanas e sociais na Universidade de Columbia, em Nova York, Estados Unidos. As bolsas são oferecidas pelo programa Dra. Ruth Cardoso, parceria da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) do Ministério da Educação com a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), Universidade de Columbia e Comissão para o Intercâmbio Educacional entre os Estados Unidos da América e o Brasil (Fulbright).

 

O programa oferece uma bolsa por ano, de US$ 5 mil mensais, por até nove meses, além de auxílio-instalação de US$ 2 mil. O beneficiário também tem direito a seguro-saúde, passagem aérea de ida e volta e moradia no campus da universidade norte-americana. Uma das propostas do programa é dar apoio a cientistas brasileiros das áreas de ciências humanas e sociais, além de promover a aproximação, o diálogo e o aprofundamento do conhecimento mútuo das respectivas culturas e sociedades.

 

Para concorrer à vaga, o pesquisador deve comprovar conclusão de curso de doutorado após 1994 e antes de 2005 e estar credenciado como professor e orientador em programa de pós-graduação reconhecido pela Capes. Terá preferência aquele que puder se dedicar em regime integral às atividades acadêmicas e que atue nas áreas de antropologia de populações urbanas, sociologia e história do Brasil, com enfoque em movimentos sociais contemporâneos.