Notícia

A Tribuna (Santos, SP)

INPE testa novo computador para previsões

Publicado em 17 janeiro 2011

Para aprimorar a qualidade das previsões meteorológicas e o desenvolvimento de cenários climáticos futuros globais e regionais, está em fase de testes o novo supercomputador do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Batizada de Tupã, a máquina é capaz de realizar 258 trilhões de cálculos por segundo.

O equipamento amplia em 50 vezes a capacidade do País na investigação climática, colocando o Brasil em destaque no cenário internacional.

Adquirido por R$ 50 milhões com recursos do Ministério da Ciência e Tecnologia (MCT) e da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), o Tupã está entre os mais poderosos supercomputadores do mundo.

Segundo o meteorologista do Inpe, José Felipe Faria, o equipamento ampliará o nível de detalhamento das previsões para cinco quilômetros na América do Sul e 20 quilômetros em todo o mundo..

Será possível prever eventos extremos com boa confiabilidade, como chuvas intensas, secas, geadas, ondas de calor, entre outros. As previsões de temporais com maior detalhamento já serão feitas ao longo deste ano.

As previsões ambientais e de qualidade do ar também serão beneficiadas, gerando prognósticos com mais resolução, de 15 quilômetros, com até seis dias de antecedência. ``A aquisição do equipamento é um salto importante para melhorar a qualidade da previsão do tempo``, disse Faria.

O coordenador técnico da Defesa Civil de Santos, Ernesto Tabuchi, considerou positiva a aquisição do equipamento. ``Já era tempo. Será muito importante para aperfeiçoar a previsão meteorológica``.