Notícia

Convergência Digital

INPE terá supercomputador 50 vezes mais rápido em 2009

Publicado em 14 julho 2008

O Ministro de Ciência e Tecnologia, Sergio Rezende, anunciou durante a sua participação nesta segunda-feira, 14/07, no primeiro dia de eventos da 60ª Reunião Anual da SBPC, evento que acontece em Campinas, no interior de São Paulo, um investimento de R$ 48 milhões para pesquisa de mudanças climáticas.

O aporte conjunto entre o MCT, através da FINEP (R$ 35 milhões), e da FAPESP (Fundação de Amparo á Pesquisa no Estado de São Paulo) (R$ 13 milhões) permitirá ao INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) adquirir um dos mais poderosos computadores do mundo.

"Esse investimento demonstra o compromisso dos órgãos de pesquisa brasileiros – e do MCT em particular – com medidas concretas para entender e oferecer soluções relacionadas às mudanças climáticas", disse o diretor do INPE, Gilberto Câmara.

O novo supercomputador, que começará a operar em 2009, terá capacidade de processamento efetivo de 15 TFlops (15 trilhões de operações matemáticas por segundo). Esta capacidade é cerca de 50 vezes maior do que a atingida pela aparelhagem hoje utilizada pelo INPE, e resultará na elaboração de cenários de mudanças climáticas globais muito mais precisos, com altíssima resolução.

Além disso, a sofisticada tecnologia vai permitir ao Brasil gerar cenários futuros para apoiar estudos de impactos e vulnerabilidade com o objetivo de subsidiar a elaboração de políticas públicas de enfrentamento e adaptação às variações no clima.