Notícia

Secretaria de Ensino Superior (SP)

Inovação tecnológica da UNESP é reestruturada

Publicado em 26 março 2009

José Arana Varela é nomeado diretor-executivo

 

O físico José Arana Varela, do Instituto de Química (IQ), campus de Araraquara, foi nomeado pelo reitor Herman Voorwald diretor-executivo da Agência UNESP de Inovação, novo nome do Núcleo de Inovação Tecnológica da Universidade. "Essa alteração está ligada a uma estratégia das três universidades públicas paulistas quanto à proteção intelectual e transferência de tecnologia", disse o reitor.

Ao alterar sua designação de Núcleo de Inovação Tecnológica para Agência UNESP de Inovação, o órgão, além de adequar-se às Leis Federal e Paulista de Inovação, está, na verdade, colocando-se em consonância com as políticas adotadas pelas principais universidades brasileiras. "O objetivo é ampliar as competências, integrando todas as iniciativas da UNESP voltadas à inovação", afirma Varela.

Dessa forma, às primeiras atribuições do núcleo - fomento à pesquisa aplicada, observação da política institucional de estímulo e proteção das criações, avaliação da conveniência ou não da proteção intelectual e acompanhamento dos pedidos de propriedade intelectual - vêm somar-se, na Agência UNESP de Inovação, a implantação de um programa de valoração das tecnologias desenvolvidas pela instituição, a promoção do efetivo envolvimento com incubadoras de empresas de base tecnológica, criando, inclusive, uma rede UNESP de incubadoras, e a busca de uma maior interação com empresas juniores.

"Além disso", informa Varela, "vamos estabelecer parcerias com parques tecnológicos, estimular a inovação na área de políticas públicas e ampliar a representatividade da UNESP junto às demais instituições".

Idéias - Com a aprovação da mudança estrutural e com novo organograma, a agência passará a trabalhar não mais focada apenas em tecnologias, mas, sobretudo, em torno de idéias. "Com uma política pragmática e coerente, a transferência de conhecimento será rápida e benéfica tanto à sociedade como ao pesquisador", adiciona a farmacêutica do IQ Vanderlan da Silva Bolzani, nomeada vice-diretora executiva da agência. "Com essa orientação deve aumentar, significativamente, o número de patentes depositadas."

Pró-Reitor de Pesquisa da UNESP na gestão de Marcos Macari (2005-2008) e vice-presidente da FAPESP (Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo), Varela vê um futuro promissor para a agência: "além de uma maior articulação com as agências de fomento, institutos de pesquisa, secretarias de Estado e com as agências de inovação de outras universidades, a Agência UNESP de Inovação tem a competência necessária para aumentar as chances nas chamadas feitas por agências de fomento", encerra.

A partir do início de abril, a Agência UNESP de Inovação passa a funcionar, em caráter definitivo, no Campus da Barra Funda, no prédio do Instituto de Física Teórica.