Notícia

Revista Ensino Superior

Inovação aberta

Publicado em 01 abril 2019

Os laboratórios farmacêuticos Aché e Eurofarma estão trabalhando em parceria com o Centro de Química Medicinal, sediado na Unicamp, para identificar e desenvolver moléculas que possam resultar em novos medicamentos. As pesquisas são colaborativas e seguem o modelo de inovação aberta. Todo o conhecimento gerado até a fase de validação de moléculas é de domínio público e pode ser usado por grupos acadêmicos ou indústrias farmacêuticas de qualquer parte do mundo. Contudo, as farmacêuticas que conseguirem aprimorar ainda mais as moléculas iniciais e comprovar a eficácia terapêutica de compostos derivados em estudos clínicos poderão patenteá-las. Segundo dados da Agência Fapesp, esse tipo de parceria tem atraído o interesse das indústrias farmacêuticas.