Notícia

Diário São Carlos

Infância e Relações Étnico-Raciais são temas de seminário internacional na UFSCar

Publicado em 10 fevereiro 2014

De 17 a 19 de março, acontece no Campus São Carlos da Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) o III Seminário Internacional: Infância e Relações Étnico-Raciais. Com o objetivo de promover um diálogo entre pesquisadores brasileiros e estrangeiros sobre temas ligados à Sociologia da infância e à Educação Infantil, o evento, aberto a todos os interessados, também é uma boa oportunidade de formação complementar para os profissionais da área.

Participam dessa edição como convidados internacionais o professor Pap Ndiaye, docente da Universités Sciences Po. Paris, na França, considerado um dos maiores especialistas franceses contemporâneos na temática das relações raciais; e Véronique Francis, professora de Ciências da Educação da Université dOrléans, também na França, que atua com formação de professores, de profissionais que trabalham com crianças pequenas, práticas de leitura e escrita e representações étnico-raciais.

Pap Ndiaye ministra a conferência de abertura do seminário com o tema “O pensamento e a condição Negra” e também a conferência de encerramento "Educação e relações étnico-raciais no pensamento contemporâneo". Já Véronique Francis, participa de uma mesa de debates sobre “Representações raciais na literatura infantil francesa”. Além do Seminário, ambos os convidados participam de um encontro com estudantes de pós-graduação, pesquisadores, professores e gestores da educação de São Carlos e região. Como programação complementar, Pap Ndiaye ainda ministra o curso “A condição negra: interfaces com as relações étnico-raciais no Brasil”, entre os dias 11 e 14 de março e no dia 21 do mesmo mês.

A programação do evento ainda conta com apresentação de grupos de pesquisa, exibição de filme seguido por debate e lançamentos de livros. Além de professores da UFSCar, também participam do Seminário professores da Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul, Universidade Estadual de Ponta Grossa e Universidade de Santa Cruz do Sul. Os interessados em submeter trabalhos podem se inscrever até 24 de fevereiro. Para ouvintes, o período se estende até 3 de março. As inscrições devem ser realizadas no site do evento, em www.seminarioinfanciaediferenca.blogspot.com.br, no qual também estão disponíveis mais informações.

O III Seminário Internacional: Infância e relações étnico-raciais, que é organizado pelo Grupo de Pesquisa “Estudos sobre a criança, a infância e a educação infantil: políticas e práticas da diferença”, em parceria com o curso de Especialização em Educação Infantil da UFSCar, conta com o apoio do Ministério da Educação, da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp).