Notícia

Jm Arruti

Índios na Cidade e Cidades Indígenas - Projeto CPEI recruta alunos interessados em bolsa auxílio

Publicado em 30 março 2018

Por José Maurício Arruti

Projeto Bolsa SAE UNICAMP – Serviço de Apoio ao Estudante (2018)

Título do Projeto: Índios na Cidade e Cidades Indígenas

Data do Cadastro: 29/11/2017 21:39:32

Área do curso: Humanas

Orientador(a): Jose Mauricio Paiva Andion Arruti

Número de bolsas : 01

Resumo do Projeto:

Este projeto tem por objetivo geral criar uma base informacional centrada no CPEI – Centro de Pesquisa em Etnologia Indígena do IFCH-UNICAMP, para a rede de pesquisadores que começa a se formar em torno do tema dos índios que vivem em cidades e das cidades com grande presença indígena. Os temas destacados neste Banco de Dados, associados ao nosso tema central são: migração e mobilidade entre aldeias e cidades, convivialidade étnica em contextos de desigualdade, formação de professores indígenas, xamanismo em contexto urbano, arte indígena em museus metropolitanos, universitários indígenas, entre outros. O último tema citado vem em apoio também à necessidade de referência e reflexões que apoiem a nova iniciativa da Unicamp de adotar o vestibular diferenciado indígena. Finalmente vale esclarecer que esta proposta decorre de um projeto de pesquisa individual (CNPq – Edital Universal, Processo: 483085/2012) e outro realizado em associação com o Projeto Observatório das Migrações em São Paulo (FAPESP – Edital Projeto Temático, Processo: 2009/06502­2), assim como se alimenta da rede que começou a ser estabelecida por meio de dois eventos internacionais recentes que organizamos sobre o tema (Panel `Pueblos indígenas en las metrópoles` do XXXV International Congress of the Latin American Studies Association, Lima; e Simposio Ciudades Indígenas E Indígenas En Las Ciudades. Reflexiones Sobre Movilidad Y Flujos Culturales En La Urbanización Indígena Simposio do V Congreso Latino Americano de Antropología, Bogotá). Trata-se, por isso, de uma proposta que busca criar as bases para a institucionalização de acúmulos que vem sendo realizado na pesquisa em Antropologia e Demografia sobre um tema de destaque crescente em todo o continente americano.

Ações e detalhamento das atividades a serem desenvolvidas pelo(s) bolsista(s):

1) Levantamento bibliográfico da produção acadêmica, junto a bibliotecas físicas, virtuais e indexadores da produção acadêmicos de cobertura nacional e latino-americana;

2) Preenchimento de um Banco de dados bibliográfico com as informações catalográficas e resumos da bibliografia compulsada;

3) Identificação dos autores desses trabalhos, seus grupos de pesquisa e instituições;

4) Preenchimento de um Banco de dados sobre pesquisadores e instituições articulado ao banco de dados bibliográfico;

5) Consulta periódica aos técnicos da Biblioteca do IFCH (em comum acordo com estes) para definir e monitorar o processo de identificação e catalogação da bibliografia e da nominata;

6) Elaboração e alimentação de uma sub-página do site do CPEI dedicada a este material.

Objetivos:

Este projeto tem por objetivo geral criar uma base informacional centrada no CPEI – Centro de Pesquisa em Etnologia Indígena do IFCH-UNICAMP, para a rede de pesquisadores que começa a se formar em torno do tema dos índios que vivem em cidades e das cidades com grande presença indígena. Este objetivo geral se desdobra em dois objetivos derivados: (a) a organização de um banco de dados bio-bibliográfico com toda a produção acadêmica disponível sobre o tema e com com a identificação dos autores, grupos de pesquisa e instituições com projetos ligados ao tema, no Brasil e na América Latina; e (b) a disponibilização deste material no site do CPEI, de forma a convertê-lo em espaço de referencia no assunto.

Justificativa quanto à relevância para o(a) estudante e para a universidade ou comunidade externa:

A participação em uma atividade como esta é de alta relevância para um estudante de graduação que busca aprender os procedimentos de uma pesquisa científica. A pesquisa bibliográfica sistemática, assim como a devida contextualização (nacional, histórica, científica e política) da produção sobre determinado tema emergente ou consolidado é um elemento fundamental da formação de um pesquisador.

Com relação à universiade, este projeto vem em apoio aos trabalhos da Linha de Pesquisa `Territo´rios indi´genas: territorialidades, territorializac¸o~es, sobreposic¸o~es e urbanidades` do CPEI - Centro de Pesquisa em Etnologia Indígena do IFCH-UNICAMP, que foi reestruturado em 2010 e este ano (2017) conquistou importantes avanços no seu processo de institucionalização.

Do ponto de vista da comunidade externa à UNICAMP este projeto têm igualmente alta relevância, na medida em que o tema dos índios que vivem em cidades ainda é muito pouco discutido e visibilizado, apesar de esta presença ser crescente tanto demográfica quanto politicamente falando. Uma pequena mostra disso é a criação de grupos e redes de apoio à presença dos índios nas cidades de Campinas e de São Paulo, a criação não só de cotas nas universidades, mas também de aparatos de assistência de saúde diferenciada em UBS’s e na Faculdade de Medicina de São Paulo (UNESP). Dispor de um instrumento de livre e fácil acesso que organize parte do conhecimento produzido no Brasil e nos demais países da América Latina sobre o tema é de alta relevância para tanto para os grupos da sociedade organizados em torno do tema, quanto para a própria administração pública.

Resultados esperados:

O projeto tem por resultado esperado:

1) Um instrumento de pesquisa sistemática, de livre e fácil acesso, que organize parte do conhecimento produzido no Brasil e nos demais países da América Latina sobre o tema dos índios em cidades e cidades indígenas, que apoie pesquisas acadêmcias, tanto quanto grupos organizados da sociedade e a própria administração pública envolvidos com a temática.

2) O posicionamento do CPEI do IFCH-UNICAMP como um espaço de referência nacional e internacional sobre o tema.

Cronograma de execução:

Primeiro quadrimestre:

- Identificação, catalogação e indexação da produção bibliográfica;

Segundo quadrimestre:

- Identificação, catalogação e indexação dos pesquisadores e instituições;

Terceiro quadrimestre:

- Ajustes e transferência dos dados bibliográficos e da nominata para a base de dados do CPEI.