Notícia

Diário do Comércio (SP)

Incubadas podem receber de fundos para TI

Publicado em 23 agosto 2005

Incubadoras de empresas de base tecnológica em tecnologias da informação poderão receber recursos provenientes dos incentivos da Lei de Informática. A resolução foi aprovada pelo Comitê Gestor da Área de Tecnologia da Informação.

Até então, a legislação previa investimento desses recursos somente em centros de ensino e de pesquisa. A partir da publicação da resolução, poderá ser feito investimento desses recursos nas incubadas, criando uma nova modalidade de apoio, segundo informa o Ministério da Ciência e Tecnologia.

As empresas de desenvolvimento ou produção de bens e serviços de informática e automação devem investir 5% de seu faturamento bruto no mercado interno em atividades de pesquisa e desenvolvimento (P&D) em tecnologia da informação, a serem realizadas no país. Essas empresas recebem incentivos fiscais como a redução gradual do Imposto sobre Produtos Industrializados.

Atualmente, são 274 empresas beneficiadas pela Lei de Informática. O volume de incentivos anual chega a R$ 1,1 bilhão e a aplicação em P&D prevista para 2005 é de cerca de R$ 465 milhões.
Agência Fapesp