Notícia

O Dia (SP)

Incentivos para pesquisa

Publicado em 01 abril 2002

Por ALINE SALUEÑA
Acorrida dos cientistas para descobrir o Código da Vida, aumenta a cada dia em dimensões espantosas. A biotecnologia é a busca — contínua - de muitos pesquisadores brasileiros, que já tiveram seus trabalhos publicados e elogiados em várias revistas de renome internacional, como: The Economist e Nature. Dentro e fora do Brasil, muita gente se surpreendeu quando um grupo de pesquisadores paulistas obteve o ordenamento genético completo de uma bactéria que ataca os laranjais, a Xylella Fastidiosa. Patrocinada pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP), 35 laboratórios desvendaram ao longo de três anos as 2.679.305 letras que compõem os 2,7 mil genes da bactéria. Essas pesquisas tem ajudado estudantes universitários com interesse em genética, a acreditar no potencial dos projetos de mapeamento do DNA no Brasil. No Piauí, infelizmente, os estudantes com interesse em genética da Universidade Federal do Piauí, pouco incentivo recebem do Governo no sentido de se construir um laboratório devidamente preparado para realizar o seqüenciamento de DNA, ou melhor, pesquisas no ramo da biotecnologia. É necessário que as autoridades competentes apostem no futuro da ciência neste Estado.