Notícia

O Imparcial (Presidente Prudente, SP)

Impactos econômicos da FCT-Unesp em Presidente Prudente

Publicado em 02 julho 2009

O Campus da UNESP de Presidente Prudente ocupa 40 hectares e possui mais de 30 mil metros quadrados de área construída.

A Faculdade de Ciências e Tecnologia é a maior entre as 33 faculdades e institutos que integram a UNESP. Ao todo são 3020 alunos matriculados nos seus cursos de graduação, 519 alunos de pós-graduação, 223 professores e 216 funcionários, totalizando quase quatro mil pessoas que desenvolvem as suas atividades diariamente no campus universitário.

O orçamento do campus da UNESP de Presidente Prudente é superior a 42 milhões de reais/ano, o que representa 17% do orçamento do município de Presidente Prudente. A movimentação de recursos financeiros para o pagamento dos salários dos professores e funcionários técnico-administrativos, os investimentos em novos prédios, reformas, aquisição e manutenção de equipamentos, compra de materiais de consumo. Além do orçamento da faculdade e dos gastos dos docentes e funcionários, os alunos da instituição injetam muitos recursos financeiros na economia de Presidente Prudente e região por meio do pagamento de aluguel, alimentação, lazer, cursos de línguas e materiais diversos, conforme levantamento realizado no ano 2008. Os mais de três mil alunos da instituição gastam, em média, R$ 561,94 por mês no mercado prudentino, totalizando aproximadamente dois milhões de reais por mês e mais de 20 milhões por ano.

Entre os alunos dos cursos de pós-graduação da FCT-UNESP, muitos recebem bolsas de estudos das agências de fomento à pesquisa para o financiamento das suas investigações científicas nos níveis de mestrado e de doutorado e para a manutenção de tais estudantes na cidade de Presidente Prudente. Alguns alunos de doutorado, bem como profissionais que desenvolvem estágios de pós-doutorado na FCT-UNESP possuem vínculos empregatícios em outras instituições de ensino superior do país e do exterior e residem durante algum tempo em Presidente Prudente para desenvolverem as suas pesquisas.

A captação de recursos para o financiamento de pesquisas junto às agências de fomento também é muito expressiva, extrapolando a cifra de cinco milhões de reais a cada ano, com destaque para os três grandes projetos temáticos da FAPESP nas áreas de Geografia e Engenharia Cartográfica e os inúmeros projetos de apoio à pesquisa que são financiados pelo CNPq e pela FAPESP.

Além dos efeitos econômicos positivos da FCT-UNESP sobre Presidente Prudente e região, a instituição exerce significativos efeitos dinâmicos sobre a economia regional e extra-regional que deriva da sua contribuição para a formação e aperfeiçoamento de recursos humanos, por meio dos seus cursos de graduação e de pós-graduação, das pesquisas científicas desenvolvidas e das atividades de extensão universitária desenvolvidas. Os recursos humanos, altamente qualificados, que atuam cotidiana-mente na universidade e aqueles por ela formados contribuem de maneira decisiva para o desenvolvimento da região de Presidente Prudente, do Estado de São Paulo e do país.