Notícia

Ambiente do Meio

Impacto das Mudanças Climáticas na Sociedade Brasileira

Publicado em 15 junho 2020

A ciência focada em soluções produzida pela cooperação FAPESP-BELMONT FORUM

O objetivo é apresentar o cenário da pesquisa inter e transdisciplinar realizada no âmbito da cooperação FAPESP-Belmont Forum, e discutir a importância da cooperação internacional na produção de ciência com foco em soluções para a sociedade, O evento será transmitido ao vivo canal da Agência FAPESP no You Tube; as perguntas devem ser enviadas para: mudancas-climaticas@fapesp.br e serão respondidas durante a transmissão em 16 de junho de 2020, das 10h às 12h.

PROGRAMAÇÃO

Moderador: Jean Ometto / INPE

10h00 ABERTURA

Marco Antonio Zago, presidente da FAPESP (a confirmar)

Luiz Eugênio Mello, diretor científico da FAPESP (a confirmar)

Paulo Artaxo, membro da Coordenação do Programa Mudanças Climáticas da FAPESP (PFPMCG)

Erica Key, Bemont Forum

10h15 Key note 1

FAPESP, uma trajetória de internacionalização da Ciência brasileira – Reynaldo Victoria, ex-coordenador do Programa Mudanças Climáticas da FAPESP (PFPMCG)

10h25 Key note 2

Belmont – Desafio da ciência em escala regional e global – Marcella Ohira, vice-diretora do IAI

10h35 Perguntas e Respostas

10h45 BIODIVERSIDADE

ScenNet – Rede de cenários em biodiversidade e serviços ecossistêmicos – Jean Paul Metzger, Instituto de Biociências/INPE/USP

CLIMA

CLIMAX – Serviços climáticos através de co-produção de conhecimento: uma iniciativa europeia e da América do Sul para fortalecer as ações de adaptação da sociedade a eventos extremos – Iracema Fonseca de Albuquerque Cavalcanti, INPE

AGRICULTURA / SEGURANÇA ALIMENTAR

ABC TELECOUPLING – Segurança alimentar e uso da terra: o desafio do Telecoupling -Mateus Batistella, Embrapa/Unicamp

CIDADES

GLOCULL – Alimento-água-energia globalmente e localmente sustentável em laboratórios urbanos vivos – Gabriela Marques Di Giulio, Faculdade de Saúde Pública/USP

ZONAS COSTEIRAS

GULLS – Aprendizado global para soluções locais: reduzindo a vulnerabilidade das comunidades costeiras dependentes do mar -Mary Gasalla, Instituto Oceanográfico/USP

SUSTENTABILIDADE

CON-VIVA em direção a uma conservação do convívio: governança em interações humanos-vida selvagem no Antropoceno – Katia Ferraz, ESALQ-USP

ADAPTAÇÃO

METROPOLE – Uma estrutura integrada para analisar tomada de decisão local e capacidade adaptativa para mudança ambiental de grande escala: estudos de caso de comunidades no Brasil, Reino Unido e Estados Unidos – Jose Marengo, Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais/Cemaden

11h45 Debate final

12h00 Encerramento

Inscrições: www.fapesp.br/eventos/belmontonline/inscricao