Notícia

A Notícia (Joinville, SC) online

Identificado novo inseto no interior de SP

Publicado em 01 junho 2005

Um inseto que se desenvolve nas correntezas de rios e córregos foi descoberto por biólogos da Universidade de São Paulo (USP) de Ribeirão Preto e da Universidade Federal de Viçosa (MG). Exemplares da espécie foram coletados há mais de dois anos na Mata de Santa Tereza, em Ribeirão, e o trabalho, que integra o Projeto Biota-Fapesp (para descobrir novas espécies), foi concluído no final de 2004.
O nome dado ao inseto é Baetodes santatereza. Antes que fossem tiradas todas as dúvidas, o inseto era citado como "efemérida", por pertencer ao grupo Ephemeroptera. O trabalho com a descoberta será publicado por revistas especializadas em breve, diz um dos pesquisadores, o biólogo Cléber Polegatto, da USP de Ribeirão.
O Baetodes santatereza, que mede um centímetro, no máximo, tem como uma de suas características principais agüentar fortes correntezas, pois se fixa nas pedras dos rios de maneira eficaz. Achatado e comprimido, tem cor marrom escuro.