Notícia

Folha de S. Paulo

Ida ao trabalho explica acúmulo de casos da doença na periferia

Publicado em 15 julho 2020

Por Maria Fernanda Ziegler, da Agência FAPESP
Há forte relação entre a circulação de pessoas que precisam trabalhar durante a pandemia e as áreas de São Paulo com maior concentração de casos de Covid-19. Bairros como Cidade Ademar, Brasilândia, Sapopemba e Capão Redondo, que têm o maior número de internações na cidade, coincidem com aqueles cujos moradores não podem ficar em casa. “Os trabalhadores essenciais, da área da saúde e de abastecimento, ou os que [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.