Notícia

BOL

Hubble detecta galáxia que se move no espaço, perdendo gás

Publicado em 07 outubro 2009

Um grupo de pesquisadores ligados ao programa do telescópio espacial Hubble identificou uma galáxia que se move pelo espaço entre aglomerados, a NGC 4522.

Localizada a aproximadamente 60 milhões de anosluz da Terra, a NGC 4522 é um exemplo de galáxia em espiral que perde gás pela pressão de arraste, força que resulta de algo se move por um fluido, de forma semelhante ao vento que se sente no rosto ao andar de bicicleta.

Quando ocorre o movimento, o gás contido nessas galáxias sofre a pressão promovida por esses espaços. Parte do gás é comprimido, formando estrelas ou grupos estelares, e a outra parte é eliminada.

A NGC 4522 é parte do aglomerado da galáxia de Virgem e o seu movimento rápido dentro do aglomerado resulta em ventos fortes através da galáxia à medida que seu gás é deixado para trás. Os cientistas estimam que a galáxia esteja se movendo a mais de 10 milhões de quilômetros por hora.

Um certo número de aglomerados de estrelas recémformados, que se desenvolveram a partir do gás roubado da NGC 4522, pode ser visto na imagem feita pelo Hubble.

A imagem, apesar de estática, produz uma grande sensação de movimento que, segundo os astrônomos, destaca o seu estado dramático, com uma visão especialmente nítida do gás que é forçado a sair. Áreas de formação de estrelas podem ser vistas à direita e à esquerda da imagem que é suficientemente profunda para mostrar galáxias distantes em seu fundo.

As imagens divulgadas no dia 30 de setembro pelo Centro de Informação do Hubble da Agência Espacial Europeia foram feitas por uma câmera a bordo do telescópio pouco antes de ela sofrer uma pane, em 2007. Em maio deste ano, uma missão do ônibus espacial norteamericano conseguiu consertar o instrumento.

UOL com informações da Agência Fapesp