Notícia

Leia Já

Hormônio do exercício pode inibir a Covid-19

Publicado em 13 agosto 2020

Por Alex Dinarte

Pesquisa sugere que a irisina pode ser a chave para compreender a ação da doença entre pessoas idosas ou obesas

A irisina, hormônio liberado pelo organismo durante a prática de exercícios físicos, pode ser um aliado na luta contra a Covid-19. Um estudo preliminar liderado pela Faculdade de Medicina da Universidade Estadual Paulista (Unesp) sugere que a substância do sistema endócrino pode ser capaz de moldar genes de células que armazenam maior potencial de energia e gordura (adiposas), para inibir a multiplicação do novo Coronavírus (SARS-CoV-2) no corpo humano.

De acordo com os pesquisadores, a aplicação de irisina em células adiposas reduziu a expressão de ao menos oito genes que regulam o gene ACE2, considerado essencial para a replicação do novo Coronavírus em grupos celulares.

O ACE2 é o responsável por reunir a proteína que o vírus utiliza para se ligar a células humanas e invadi-las. Outra evidência positiva observada no estudo mostra que a irisina triplicou níveis de transcrição do gene TRIB3. Segundo os cientistas, é comum que idosos tenham diminuição de TRIB3, o que pode ser um dos indícios da multiplicação dos casos de Covid-19 entre pessoas acima de 60 anos de idade.

Em entrevista à agência de notícias da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp), a pesquisadora Miriane de Oliveira, da Faculdade de Medicina da Unesp, vê os resultados como sinais positivos, mas alerta que o estudo é mais uma diretriz na busca de novas perspectivas no combate à doença.

“É preciso ressaltar que se trata de dados preliminares, uma sugestão do potencial terapêutico da irisina para casos de COVID-19. Estamos indicando um caminho de pesquisa para comprovar ou não o efeito benéfico do hormônio em pacientes infectados”, comenta a cientista.

Covid-19 e a obesidade

Além da análise prévia sobre a efetividade da irisina na modulação dos genes, a pesquisa abriu novos caminhos na investigação do armazenamento do novo Coronavírus no organismo. Segundo Miriane, o empenho dos pesquisadores notou que, de maneira aparente, o tecido adiposo se mostra como principal depósito do SARS-CoV-2.

“Isso ajuda a entender por que indivíduos obesos têm maior risco de desenvolver a forma grave da COVID-19. Fora isso, tendem a ter níveis menores de irisina, assim como maiores quantidades da molécula receptora do vírus (ACE2), quando comparados a indivíduos não obesos”, ressalta.

O artigo científico foi publicado (em inglês) na revista Molecular and Cellular Endocrinology. Para ler o documento, clique aqui.

Essa notícia também repercutiu nos veículos:
Estadão.com Portal R7 UOL O Estado de S. Paulo UOL G1 Correio Braziliense online Correio Braziliense Folha.com IstoÉ online Terra Folha Vitória online Galileu online Folha do ABC online Consecti - Conselho Nacional de Secretários Estaduais para Assuntos de CT&I Mundo e Meio Jornal Alerta Jornal Opção (Goiânia, GO) online Jornal da Ciência online Terra Biblioteca FMUSP Portal da Enfermagem Atemporal TV Jornal MSN Central das Notícias Refugo NewsBeezer Leia Notícias Blog Jornal da Mulher EdsonVidigal.com O Sul online Folha Regional MS online PB Agora Algomais online Portal Pinzón LabNetwork MSN O Sul Acontece Botucatu Rádio Piratininga 750 AM Top Stories Brazil Tropical FM 99 Revista Amazônia Olhar Digital Dom Total Portal do Zacarias Revista Go Outside online Agência 14 News Notícias Botucatu Portal do Governo do Estado de São Paulo Gazeta de S. Paulo online A Província do Pará Estrela Guia News Mercado Fitness (Argentina) Jornal O Coletivo Saber Atualizado Jornal de Piracicaba ID News Jovem Pan Diário do Rio Claro Fato Amazônico BandMulti Público A O Hoje (Goiânia, GO) online Paraíba Total Jornal Cidade - Rio Claro O Londrinense ICTQ - Instituto de Ciência, Tecnologia e Qualidade Bonfim Notícias Coluna Italo outrosquinhentos.com Pfarma Tatame online Farol News Notícias do Dia Post TV TV do Povo Terra LANCE! Votunews Terra TV Alesp Infomed - Centro Provincial de Información de Ciencias Médicas Matanzas (Cuba) Revista Atenção Rádio Santa Cruz Jornal Regional