Notícia

Folha de Londrina online

Homem, super-homem ou lobisomem?

Publicado em 28 julho 2007

Programa deste final de semana propõe uma reflexão sobre a identidade masculina e as mudanças nas relações de gênero

"Afinal, o que é ser homem? Essa é uma pergunta de difícil resposta", diz a antropóloga e doutora em demografia Sandra Garcia, pesquisadora do Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (Cebrap).

Segundo a autora do estudo recém-lançado Homens na intimidade: masculinidades contemporâneas, sabe-se ainda menos sobre a relação dos homens com a reprodução, sua ótica particular sobre a contracepção e os significados que atribuem à esfera reprodutiva. "O fato é que os homens têm constado nas pesquisas de forma secundária, embora participem da concepção das crianças", disse.

No programa de rádio Pesquisa Brasil do próximo fim de semana, Sandra falará sobre a pesquisa em que entrevistou homens entre 25 e 55 anos, pertencentes às classes médias, para refletir sobre a identidade masculina e as mudanças nas relações de gênero.

Outro destaque no programa é a transformação de máquinas caça-níqueis em computadores para promover a inclusão digital de crianças. A idéia de Fabiano Saldanha da Gama Oliveira, coordenador do Instituto Superior de Tecnologia da Fundação de Apoio à Escola Técnica, no Rio de Janeiro, ganhou apoio do governo do estado, que apresentou os primeiros protótipos do projeto na semana passada.

Pesquisa Brasil destaca ainda os 30 anos da fibra óptica no Brasil e os 70 anos do crítico belga-brasileiro Jean Claude Bernardet, professor do Curso de Cinema e Vídeo da Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo.

Ajude a fazer o programa: envie perguntas, críticas e sugestões para pesquisabrasil@fapesp.br. O ouvinte que tiver sua pergunta selecionada ganhará uma assinatura semestral de Pesquisa FAPESP.

O Pesquisa Brasil é transmitido pela Rádio Eldorado AM (700 kHz) aos sábados, às 11h e, especialmente neste final de semana, reapresentação no domingo às 20 horas. Nos mesmos horários, pode ser acompanhado pela DirecTV, no canal de áudio 883, ou pela internet, no endereço www.radioeldoradoam.com.br.

A partir da tarde de segunda-feira, os interessados também podem ouvir o conteúdo do programa no site da revista Pesquisa FAPESP, em www.revistapesquisa.fapesp.br.

Agência FAPESP