Notícia

Portal Exame

História de Palmares ganha nova cronologia com análise

Publicado em 01 agosto 2013

Por Frances Jones, da Agência FAPESP
São Paulo – Em 1678, o então rei dos Palmares firmou um acordo de paz com o governador de Pernambuco, a autoridade máxima sobre um território que englobava os atuais estados da Paraíba, Alagoas, Rio Grande do Norte, além de Pernambucano. A negociação durou alguns meses e envolveu intérpretes, envio de embaixadas, presentes e libertação de prisioneiros. De um lado, Ganazumba (ou Gangazumba), tio de Zumbi, séculos depois apontado como símbolo da resistência contra a escravidão; de outro, dom Pedro de Almeida, governador prestes [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.