Notícia

Pletz.com

Hillel RJ recebeu Amigos do Weizmann

Publicado em 01 março 2017

Um encontro que lotou o Hillel Rio no dia 17 de fevereiro, com a presença Mario Fleck, presidente do Grupo de Amigos do Weizmann do Brasil e de Dany Schmit, CEO para América Latina do Instituto Weizmann de Ciências, marcou a reativação do Grupo dos Amigos do Weizmann no Rio de Janeiro. Dany Schmit fez uma apresentação sobre o Instituto Weizmann, destacando seu modelo de excelência e as conquistas e descobertas que ao longo das décadas têm beneficiado toda a humanidade.

“O evento coroou em grande estilo o início das atividades do Grupo de Amigos do Rio de Janeiro, com a participação de diversos médicos altamente qualificados que certamente contribuirão para um maior intercâmbio entre o Brasil e o Instituto Weizmann, destacou Marcelo Astrachan, vice-presidente para o Rio de Janeiro dos Amigos do Weizmann do Brasil. Para o presidente do Hillel, Ronaldo Adler (Pingo), “foi uma honra e um privilégio receber em nossa entidade os Amigos do Instituto Weizmann. Esperamos que este seja o primeiro de muitos encontros aqui no Rio de Janeiro”.

Mario Fleck, presidente dos Amigos do Weizmann do Brasil prestigiou o primeiro evento do grupo carioca e aproveitou para dar detalhes sobre o trabalho que é feito pelo grupo no Brasil. Ele destacou o fomento de parcerias científicas com entidades como a Fapesp, o processo seletivo para o envio de alunos brasileiros como bolsistas para a Escola de Verão? do Instituto Weizmann em Israel e a realização de eventos como o “Science on Tap” e o “Weizmann Talks”, que buscam levar a ciência ao público em geral de forma envolvente e criativa.

Localizado em Rehovot, Israel, o Instituto Weizmann de Ciências é uma das mais respeitadas instituições de pesquisa multidisciplinar no mundo. O Instituto abriga cerca de três mil cientistas, estudantes, técnicos e equipe de apoio. O Weizmann desenvolve uma ampla gama de pesquisas baseadas na curiosidade, para gerar conhecimentos em benefício da humanidade. O Instituto está sempre em busca de novos caminhos para combater doenças e a fome, desenvolver novas tecnologias e materiais e criar estratégias para proteger o meio ambiente.