Notícia

DCI online

Haddad anuncia os primeiros nomes de seu secretariado

Publicado em 12 novembro 2012

SÃO PAULO - Na tarde desta segunda-feira (12), o prefeito eleito de São Paulo, Fernando Haddad, anunciou os cinco primeiros secretários de sua gestão. As pastas são Governo (SGM), Finanças (SF), Negócios Jurídicos (SNJ), Planejamento, Orçamento e Gestão (SEMPLA) e Desenvolvimento Urbano (SMDU). Antonio Donato Madormo foi indicado para a pasta de Governo; Marcos de Barros Cruz, para Finanças; Luís Fernando Massonetto, para Negócios Jurídicos; Leda Paulani, para Planejamento, Orçamento e Gestão; e Fernando de Mello Franco, para Desenvolvimento Urbano.

Conheça o perfil dos indicados:

Secretário de Governo  - SGM

Antonio Donato Madormo, 52 anos, nasceu em São Paulo e é administrador de empresas. Atual presidente do Diretório Municipal do PT de São Paulo, foi o coordenador-geral da campanha de Fernando Haddad à Prefeitura. Em outubro passado foi reeleito para o terceiro mandato consecutivo de vereador no Legislativo paulistano. Na gestão Marta Suplicy, atuou na Secretaria dos Transportes e, em seguida, como assessor especial do Gabinete da Prefeita. Compôs o grupo responsável pelo projeto de descentralização administrativa que deu origem à Secretaria de Coordenação das Subprefeituras e à criação das 31 subprefeituras existentes hoje na cidade. Foi secretário das Subprefeituras em 2003, ano de criação da pasta.

Secretária de Planejamento, Orçamento e Gestão - SEMPLA

Leda Maria Paulani, 58 anos, professora titular do Departamento de Economia e da Pós-graduação em Economia da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade da Universidade de São Paulo (FEA-USP), onde se graduou em Economia. Foi assessora da Secretaria de Finanças do município de São Paulo entre 2001 e 2003.  Livre-docente pela FEA, possui doutorado em Teoria Econômica pelo Instituto de Pesquisas Econômicas da Universidade de São Paulo (IPE-USP). É pesquisadora do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e da Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp). De 2004 a 2008 foi presidente da Sociedade Brasileira de Economia Política (SEP).

Secretário de Negócios Jurídicos - SNJ

Luís Fernando Massonetto, paulistano, 35 anos, é advogado e doutor em Direito Econômico pela Universidade de São Paulo. Professor do Departamento de Direito Econômico, Financeiro e Tributário da Faculdade de Direito do Largo São Francisco (USP), foi, no ministério da Educação, chefe de gabinete da pasta (2006 a 2008) e secretário de Regulação da Educação Superior (2011 e 2012). Na gestão Marta Suplicy, foi chefe de gabinete da Secretaria de Negócios Jurídicos (2003 e 2004) e chefe da assessoria técnica da Secretaria de Finanças (2002 e 2003).  Também foi Gerente Corporativo Institucional da Companhia Siderúrgica Nacional (2009 a 2011).

Secretário de Finanças - SF

Marcos de Barros Cruz, 37 anos, é sócio da McKinsey & Company, onde trabalha desde 1999, e tem mais de 14 anos de experiência em consultoria de gestão e estratégia. Foi responsável pela implementação de iniciativas de aprimoramento de gestão e de reorganização interna na Casa Civil da Presidência da República, por meio do Câmara de Gestão, Desempenho e Competitividade (CGDC), na Secretaria de Educação do Estado de São Paulo, no Governo do Estado de Minas Gerais e na Prefeitura da Cidade do Rio de Janeiro. É ligado ao Movimento Brasil Competitivo (MBC). Em 2001, atuou como consultor voluntário para o desenvolvimento do plano de negócios para cooperativa de produtores rurais em Moçambique, na África. É formado em Engenharia Elétrica (1998) pela Unicamp (Universidade de Campinas), com MBA pela Insead (França, 2004). Barros Cruz não pôde comparecer ao anúncio desta segunda-feira por motivo de viagem pré-agendada. Para assumir o cargo, ele deixa de ser sócio da consultoria McKinsey & Company. 

Secretário de Desenvolvimento Urbano - SMDU

Fernando de Mello Franco, 48 anos, é arquiteto e doutor  pela Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de São Paulo (FAU-USP), com ampla experiência em urbanismo e infraestrutura urbana. É curador do URBEM (Instituto de Urbanismo e Estudos para a Metrópole) e sócio-diretor do escritório MMBB Arquitetos. Ex-professor do Curso de Arquitetura e Urbanismo da Escola de Engenharia da USP São Carlos (1992 a 2005), também foi professor visitante na Universidade de Harvard (2009). Em 2007, venceu o Best Entry Award da 3ª Bienal Internacional de Arquitetura de Roterdã, da qual viria a ser membro do grupo curador em sua 5ª edição (2012).

Panorama Brasil