Notícia

Portal Exame

Há bactérias e fungos em 62,5% de passarinhos traficados

Publicado em 07 agosto 2014

Por Jussara Mangini, da Agência FAPESP
São Paulo – As campanhas educativas para desestimular a compra de animais silvestres comercializados ilegalmente ganharam um reforço em seus argumentos com um estudo concluído recentemente na Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ) da Universidade de São Paulo (USP). A pesquisa “Caracterização da microbiota intestinal bacteriana e fúngica em passeriformes silvestres confiscados do tráfico que serão submetidos a programas de relocação”, desenvolvida com Auxílio à Pesquisa da FAPESP, encontrou microrganismos [...]

Conteúdo na íntegra disponível para assinantes do veículo.