Notícia

A Cidade On (São Carlos, SP)

Guri em Batatais, Cajuru, Altinópolis e Serrana com Matrículas até 16/10

Publicado em 13 outubro 2020

Milena Deganuti é gerente regional do Projeto Guri em Ribeirão Preto e vai nos contar sobre a musicalização como forma de educação e a abordagem do Guri

 

O Educação em Liberdade desta semana traz um papo com Milena Deganuti de Mello, Gerente Regional do Projeto em Ribeirão Preto e nos pólos da região, incluindo os 4 que estão com matrículas prorrogadas até 16/10. As aulas começam hoje, 13 de outubro, mas alguns pólos estão com inscrições prorrogadas até 16/10. São eles os de Batatais, Cajuru, Altinópolis e Serrana.

Vamos falar, claro, sobre a história do maior projeto sociocultural do Brasil (e um dos mais antigos e bem sucedidos também) e a as adaptações e mudanças feitas para atender aos tantos protocolos estabelecidos. São adaptações como envio de atividades para serem feitas em casa, ações remotas assíncronas e síncronas e mesmo atividades presenciais que começam a ser retomadas em alguns pólos. Por que ainda há o desafio de lidar com diferentes parceiros, e diferentes cidades com situações por vezes completamente diferentes.

A retomada será realizada de acordo com as normas gerais de prevenção ao Covid-19 da OMS, seguindo também os moldes propostos pelo Governo do Estado no Plano São Paulo, além das regras estabelecidas em cada município. O retorno presencial será realizado de forma gradual e em cinco fases, a fim de estabelecer o distanciamento mínimo de 2 metros entre alunos/alunas e educadores/educadoras. Dependendo do tamanho das salas de cada curso, as turmas serão divididas em 2, 3 ou 4 grupos, que poderão ser distribuídos nos horários de aula dessa turma, nos dois dias de aula, ao longo de uma ou duas semanas.

Veja o link para o Protocolo em Detalhes do Projeto Guri.

Sobre a Musicalização como forma de Educação, trataremos dos impactos do Guri na transformação sociocultural de tantos educandos e ex-educandos (são mais de 800 mil!). São cursos de iniciação musical, luteria (que é a fabricação de instrumentos), canto coral, tecnologia em música, instrumentos de cordas dedilhadas, cordas friccionadas, sopros, teclados e percussão, para crianças e adolescentes entre 6 e 18 anos, inclusive muitos internos de unidades da Fundação Casa.

Não perca, no Curadoria Hilst no Youtube. Não se esqueça de se inscrever no canal!

Milena Deganuti de Mello é formada em Jornalismo e Ciências Sociais e com pós-graduação em Gestão Pública e atua como Gerente Regional do Projeto Guri, maior projeto sociocultural brasileiro, em Ribeirão Preto. Antes disso, foi pesquisadora da FAPESP, na área da Cultura da não Violência e já trabalhou por dez anos com oficinas culturais de formação e difusão. Também já passou pelo Ministério da Cultura, na função de parecerista, e pelo município de Marília, interior do Estado, onde atuou como secretária adjunta de Cultura.

O papo promete. Participe, compartilhe!

Veja aqui os demais programas do Educação em Liberdade no Curadoria Hilst